terça-feira, 29 de abril de 2008

CD Review: King Diamond - The Puppet Master

Nota: Esse review foi originalmente escrito na forma lusitana da língua portuguesa. O blog Arise! optou por manter dessa forma no intuito de preservá-lo como foi concebido.

King Diamond - The Puppet Master

Por PhiLiz

Introdução
Que não reconhecer imediatamente o nome mencionado acima, pode parar de ler. Isso. Agora, ou vão imediatamente à procura de álbuns de King Diamond ou então podem ir enfrascar-se com bandas de Metalcore da pior qualidade.

Quem começou a cantar sadicamente "Abigail..." sabe perfeitamente que se fala de um dos maiores e mais influentes músicos de Metal. Uma personagem transversal a géneros, portadora de um consenso peculiar face à enorme diversidade de sonoridades que cada trabalho seu alberga.

É redundante (e desnecessário, porque deveria ser cultura geral) estar aqui a dizer o quão brilhante é a sua carreira a solo ou o seu trabalho seminal com Mercyful Fate. Não se fazem elogios à carreira de King Diamond. Vai-se ouvir os álbuns e começa-se a tentar - inutilmente - cantar em falsete.

Chega de história. Kim Bendix Petersen é dono de uma das mais peculiares e fenomenais vozes dentro do panorama metaleiro. Mas não é só. A criatividade lírica, a imaginação para pintar sombrias e emotivas paisagens em forma de notas musicais e ainda a colaboração do brilhante guitarrista Andy LaRocque fazem de qualquer álbum de King Diamond uma experiência única.

The Puppet Master não é excepção. Como é hábito na banda, temos um álbum conceptual. Neste caso à volta de... claro, fantoches. Intrigante...? POUCO BARULHO!

Let The Show Begin



Alinhamento
01. Midnight
02. The Puppet Master
03. Magic
04. Emerencia
05. Blue Eyes
06. The Ritual
07. No More Me
08. Blood To Walk
09. Darkness
10. So Sad
11. Christmas
12. Living Dead

Ano 2003

Editora Metal Blade (nota: para os EUA e Europa)

Faixa Favorita 10. So Sad

Género Heavy Metal

País Dinamarca

Banda
Andy LaRocque - Guitarra, Teclados
Hal Patino – Baixo
King Diamond [Kim Bendix Petersen] - Voz, Teclados
Livia Zita - Outras Vozes
Matt Thompson – Bateria
Mike Wead – Guitarra



Review
Eu não gosto de álbuns conceptuais. Geralmente são aborrecidos, excessivamente longos, presunçosos, pouco emotivos e as histórias não são grande coisa. Mas mais importante que tudo, relegam o facto da banda estar a tentar fazer boa música para um plano demasiado secundário, isto é, torna-se mais importante o conceito do álbum do que propriamente fazer boa música. Isso enfada-me profundamente.

No entanto, há sempre excepções. King Diamond é brilhante e parte desse brilhantismo advém do facto dos seus álbuns serem conceptuais. Esta particularidade, no meu caso, ainda gera maior devoção aos trabalhos da banda, uma vez que se revela uma excepção a uma regra quase nunca quebrada.

Em The Puppet Master temos a morfética história começada na mística cidade de Budapeste no século XVIII, durante a época natalícia. A personagem principal, baptizada apropriadamente de 'Unfortunate Man' vai a um teatro para assistir a um espectáculo de marionetas. Ai, após o espectáculo, conhece 'Victoria', pela qual se apaixona de forma quase mágica. O sentimento é correspondido e os dois iniciam uma relação. Um dos seus interesses comuns e que fomenta a relação é precisamente o gosto por fantoches. Passa um ano desde estes acontecimentos e a relação vai correndo maravilhosamente até que um dia 'Victoria' vai de novo ao teatro dos fantoches e desaparece...!

Vou parar a narração da história-conceito do álbum. Não quero estragar o prazer a quem poderá ainda ir ouvir o álbum de acompanhar o desenrolar dos acontecimentos.

Adianto apenas que o resto da história é brilhante e completa (sendo reciprocamente completada) na perfeição a música. Musicalmente este álbum está ao nível de obras primas como Abigail e Them. A produção? Os pormenores são mais que audíveis e tudo está sublimemente colocado, por isso nada a dizer.

Destaque mais que óbvio para a voz "multi-facetada" de King Diamond. Conforme as personagens vão variando assim o tom de voz. Desde o seu famoso falsete aos tons mais graves e agressivos, assistimos a mais um espectáculo do que penso ser "A" voz de Heavy Metal. A capacidade de transmitir sentimentos é assombrosa. A voz aqui é utilizada como um verdadeiro instrumento. Aliás, é o instrumento de mais relevo.

Andy LaRocque surge ao melhor nível. Solos fenomenais e cheios de expressividade formam a simbiose perfeita com uma atmosfera de terror que se quer presente.

Dois pormenores também dignos de menção. Uma das marcas mais distintivas entre o trabalho a solo de King Diamond em relação a Mercyful Fate é o uso mais pronunciado de teclados no projecto em "nome próprio". Aqui não é excepção. Seja para criar um ambiente fantasmagórico, mais alegre ou mais triste, os teclados são sempre bem demarcados e destacam-se em várias faixas do álbum como por exemplo em Blue Eyes ou So Sad.

Por último, uma surpresa. O uso de uma voz feminina em vários momentos dá um toque mágico e refrescante à personagem de 'Victoria', bem como adiciona um elemento mais de interesse ao álbum.

Na generalidade o álbum faz é capaz de fazer algo que muito poucos conseguem. Além de se centrarem numa história (de terror) interessante conseguem adoptar os acontecimentos da história e a parte musical a várias emoções humanas, sejam elas a raiva, a tristeza, a perda, ou quaisquer outros que desfilam neste "show" de King Diamond.

Sendo um álbum conceptual é essencial ser ouvido de seguida e como uma peça só. No entanto, os lamentos tristes dos teclados e as vozes em So Sad tornam a décima faixa a minha preferida do álbum.

Conclusão
Se necessário fosse o álbum poderia ser sintetizado em três palavras: "É King Diamond". A partir daqui toda a grandiosidade inerente à banda estaria resumida. Durante quase uma hora o desfilar de grandes temas e episódios de histórias vai deixar o ouvinte exausto... mas incrivelmente satisfeito.

Após vinte anos a lançar material de excelência, King Diamond parece não abrandar. Enquanto a imaginação o permitir, parece que o mundo vai ser bombardeado com lançamentos de uma qualidade superior. Ninguém se cansa disso, por esse motivo, só temos que agradecer ao dinamarquês satânico e à sua banda.

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Notícias

Def Leppard solta vídeo de single inédito

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

A música "Nine Lives" do DEF LEPPARD acaba de ganhar um vídeo. A música foi recentemente adicionada para download no jogo Rock Band.

"Nine Lives" é o primeiro single do novo disco da banda, "Songs from The Sparkle Lounge", a ser lançado em breve. A música conta com a participação especial de Tim McGraw.



Sepultura: Paulo Xisto é homenageado em Minas

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Paulo Xisto, baixista do SEPULTURA, foi agraciado com a “Medalha da Inconfidência” na última segunda-feira, dia 21.

A cerimônia foi realizada na praça Tiradentes (na cidade de Ouro Preto - MG) e foi comandada pelo governador Aécio Neves. Foram também agraciados este ano o ator Daniel de Oliveira, a cantora Fernanda Takai, entre outros.

A Medalha da Inconfidência foi criada em 1952, pelo então governador Juscelino Kubitscheck, para homenagear personalidades que contribuíram para o desenvolvimento de Minas Gerais e do Brasil.

A cerimônia deste ano marcou a homenagem aos 20 anos da Assembléia Nacional Constituinte.

Ouça demo do Brainicide, de Tim Ripper Owens

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

O site oficial brasileiro de Tim Ripper Owens, “Brazil Beyond Fear”, postou de forma exclusiva a demo completa do BRAINICIDE (uma das primeiras bandas do cantor, antes do WINTERS BANE e JUDAS PRIEST), chamada "Brutal Mentality".

BRAINICIDE - Brutal Mentality K7 Demo (1990)

01. 2 Minute Hate / Room 101
02. Alone
03. Beyond Therapy / Brainicide
04. Eye Of the Beast / Into the Witch Mirror

A formação do Brainicide era:

Tim Owens - Vocal
Dan Johnson - Guitarra
Steve Trent - Guitarra
John Wyler - Baixo
Tim Salimsburger - Bateria

Para conferir, basta acessar o link abaixo.

http://www.timripperowens.com.br/

Nazareth: novo álbum no Brasil e turnê atualizada

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

A gravadora curitibana MNF Records acaba de anunciar em seu site a assinatura de contrato para o lançamento do novo álbum de estúdio dos escoceses do NAZARETH no Brasil. Assim, "The Newz", que está sendo muito elogiado na Europa, deverá aparecer nas lojas brasileiras nas próximas semanas. A MNF comprometeu-se a fornecer mais informações sobre o lançamento em seu site nos próximos dias.

Por falar em NAZARETH, a banda fez nova atualização em seu site hoje, mostrando que sua turnê no Brasil no próximo mês teve algumas alterações. Serão muitos os shows, especialmente no Estado do Paraná, que, sozinho, contará com seis apresentações do tradicional grupo.

Seguem as datas e locais, lembrando que o show do dia 25/05 ainda não tem local definido:

14 de maio - Maringá/PR (Parque de exposições)
15 de maio - Cascavel/PR (Cowboy Saloon)
16 de maio - Fortaleza/CE (Arena)
17 de maio - Salvador/BA (Concha Acustica Castro Alves)
21 de maio - Joinville/SC (Moom)
23 de maio - Foz do Iguaçu/PR (Ono Teatro Bar)
24 de maio - Ponta Grossa/PR (Centro de Eventos)
25 de maio - local a ser definido
28 de maio - São Paulo/SP (Citibank Hall)
29 de maio - Curitiba/PR (Hellooch)
30 de maio - Londrina/PR (casa de shows a ser definida)
31 de maio - Tubarão/SC (Produsul)

Os ingressos já estão à venda em várias localidades, como Foz do Iguaçu, Ponta Grossa, São e Curitiba. Interessante observar que o show em São Paulo, ao contrário das outras apresentações feitas pela banda no Brasil, não terá ingressos para pista, mas apenas para mesas e camarotes.

Geoff Tate fala aos fãs brasileiros via Roadie Crew

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

O QUEENSRŸCHE, lendário quinteto norte-americano, retornará ao Brasil para uma série de apresentações, que serão iniciadas no Citibank Hall (Rio de Janeiro/RJ), no dia 8 de maio, e seguem para Belo Horizonte/MG (10/05) e Curitiba/PR (15/05), chegando a São Paulo/SP dia 16 de maio, para tocar no Credicard Hall.

A última vez que a banda esteve em solo brasileiro foi em 1998, época em que atravessava períodos turbulentos. "Na última vez que tocamos no Brasil foram os últimos shows com o ex-guitarrista", relembra o vocalista Geoff Tate exclusivamente para a Roadie Crew. "Naquela época existia bastante tensão na banda e aquilo provavelmente foi passado pela música. Hoje em dia somos unidos e fortes e estamos empolgados para estes shows", explica referindo-se a Chris DeGarmo, ex-dono do posto hoje ocupado por Mike Stone.

Para a turnê na América do Sul, o quinteto preparou repertório que combina os sucessos dos álbuns "Operation: Mindcrime", "Rage For Order", "Warning", "Empire", "Promised Land", "Operation Mindcrime II" e o recente "Take Cover". "O Queensrÿche está contratado para tocar um set de hits e raridades, que é uma seleção de músicas de todos os nossos álbuns, incluindo o 'Operation: Mindcrime I' e 'II'", comenta Tate, apontando que a banda não seguirá aqui o padrão de tocar ambos "Operation Mindcrime" na íntegra.

O vocalista está ciente que nestes dez anos que separaram as visitas da banda ao Brasil muita coisa mudou, inclusive o volume de shows no país - estimativa recorde em 2008. Mas ele despista quando perguntado se esta maior busca das bandas maiores à América do Sul tem alguma ligação com a queda de vendas nos CDs: "Uma turnê depende de um promotor confiável. Esse profissional é o responsável por levar a banda até a cidade e vender os ingressos. Sem a venda de ingressos as bandas não têm como irem e tocar. Se os fãs desejam ver uma banda em particular, liguem ou escrevam avisando aos promotores. A maioria das bandas amam o que fazem e curtem levar a música para qualquer lugar que possam", avisa.

Esta nova vinda do QUEENSŸCHE tem tudo para ser um grande sucesso, dependendo tanto do anseio dos brasileiros quanto da própria banda. "Nós do Queensrÿche estamos empolgados em levar a nossa música para os fãs brasileiros, espero que vocês gostem!", finaliza Tate.

Jethro Tull lançará mais um DVD ao vivo em maio

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

(Tradução do press-release)

Vamos pular a óbvia pergunta “Por que essa grande banda não está no Hall da Fama do Rock” e vamos direto ao assunto. Depois do sucesso artístico e comercial do DVD “Live at Montreux 2003”, a “Eagle Rock Entertainment” irá lançar no dia 20 de maio “Jethro Tull’s Jack In The Green: Live In Germany”, um esperado DVD contendo raridades de shows no período de 1970 a 1993 (duração: 96 min).

A parte principal acontece entre 1982 e 1986. É incrível como a banda, que completará 40 anos ainda esse ano, liderada pelo grandioso e enigmático Ian Anderson, nunca deu uma pausa. Sempre na ativa, uma das mais estáveis e queridas bandas de todos os tempos, Tull tem fãs que os seguem por todo o planeta. Como os antigos “Deadheads”, os “Tullheads” não são menos apaixonados. Os show do Tull são como uma celebração em família de vida e longevidade. E, definitivamente, esses shows mostram toda essa atmosfera positiva!

Anderson é o líder, naturalmente. Seja na flauta, guitarra, bandolim ou gaita harmônica, esse brilhante vocalista/ letrista/ músico e criador de salmão domina suas platéias como “The Pied Piper Of Hamelin” (NE: o "Flautista de Hamelin", que na lenda encanta crianças). Tony Iommi, do BLACK SABBATH, que passou pelo JETHRO TULL por um curto período, sempre diz que Ian sabia como conduzir a banda e fazer tudo funcionar. E na verdade isso acontece até hoje. Anderson é interessado e pró-ativo. Ele aprovou todos os clips e ainda disponibilizou fotos de seu arquivo pessoal para esse DVD.

E Martin Barre é um dos mais reconhecidos e renomados guitarristas de rock progressivo da história. As seis notas que ele compôs como o riff de “Aqualung” são provas de sua genialidade. Também flautista e compositor, ele é o parceiro perfeito para o showman, Anderson.

Track list:

Rockpop In Concert 1982 - 'Hard Times', 'Pussy Willow', 'Heavy Horses', 'Jack In The Green', 'Keyboard Solo', 'Sweet Dreams', 'Aqualung', 'Locomotive Breath', 'Cheerio'

Rocksummer 1986 - 'Hunting Girl'

Out In The Green 1986 - 'Thick As A Brick', 'Black Sunday', 'Improvisation 2', 'Too Old To Rock ’N’ Roll, Too Young To Die'

Live In Germany 1993 - 'My Sunday Feeling', 'So Much Trouble'

Beat Club 1970/1971 - 'With You There To Help Me', 'Nothing Is Easy'.

Vision Divine: Michele Luppi anuncia saída do grupo

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

O vocalista Michele Luppi saiu do VISION DIVINE. No site oficial consta um breve comunicado sobre sua decisão:

"Olá a todos. Estou escrevendo para dar algumas notícias importantes: 'Eu decidi sair do Vision Divine'. Foi uma decisão difícil, tomada depois de uma longa reflexão e devido alguns eventos ocorridos".

Van Halen, NIN, RATM, Coldplay ou Shakira?

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

No site da Ticketmaster há uma enquete com a seguinte pergunta: "Qual show internacional você gostaria de assistir?". Entre as opções estão RAGE AGAINST THE MACHINE, NINE INCH NAILS, VAN HALEN, COLDPLAY e SHAKIRA. [Nota do Editor: no momento em que esta nota é postada, o NIN está na frente, com quase metade dos votos].

Vale lembrar que antes dos grandes shows que aconteceram nesse início deste ano havia a mesma enquete no site e entre as opções estavam o IRON MAIDEN, OZZY OSBOURNE, HELLOWEEN e outros shows que já aconteceram.

Sonhar não custa nada e votar também...

Children Of Bodom: relançamentos com faixas extras

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Scythes-Of-Bodom.com, site dedicado ao CHILDREN OF BODOM, informa:

“Blooddrunk atingiu ‘charts’ nas primeiras posições em vários países. Como esperado, o álbum é primeiro lugar na Finlândia (onde já é disco de ouro). No Japão o álbum é segundo lugar, na Suécia, oitavo e na Alemanha o disco atingiu a décima posição. Mais informações serão publicadas em breve.

Há novas datas de lançamento no site da Spinefarm relacionadas ao COB. No dia 30 de abril, 'Something Wild', 'HateBreeder', 'Follow The Ripper', juntamente com o disco ao vivo, 'Tokyo Warhearts', serão relançados como versões 2008.

Os três álbuns de estúdio terão todas as músicas + bônus que estão descritos abaixo:

'Something Wild': Versão original do single de ‘Children Of Bodom’; ‘Mass Hypnosis’ (cover do SEPULTURA) e ‘Deadnight Warrior’ (enhanced video).

'Hatebreeder': ‘No Commands’(cover do STONE); ‘Aces High’ (cover do IRON MAIDEN) e ‘Downfall’ (enhanced video). Esta última ainda não confirmada.

'Follow The Reaper': ‘Hate Me!’ (versão original do single); ‘Hellion’ (cover do W.A.S.P) e ‘Every Time I Die’ (enhanced video).

Dessa forma, duas canções raras, ‘Children Of Bodom’ e ‘Hate Me!’ serão relançadas porque elas eram encontradas apenas em singles ou compilações. A Spinefarm poderia também ter lançado a primeira e raríssima versão de ‘Towards Dead End’ na versão 2008 de 'Hatebreeder' mas provavelmente eles se esqueceram.

Também haverá um single ‘Hellbounds On My Trail’ que será lançado em junho. Ao mesmo tempo, o vídeo da música será oficialmente lançado. Isso, entretanto, ainda não esclarece qual música será usada como Lado B, mas acredita-se ser o cover do SUICIDAL TENDENCIES ‘War Inside My Head’, o quarto cover que a banda gravou durante as sessões de Blooddrunk.”

Scott Weiland trabalhando em segundo álbum solo

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Scott Weiland (STONE TEMPLE PILOTS, ex-VELVET REVOLVER) anunciou em um programa de rádio na última quarta-feira (23 de abril) que está trabalhando em seu segundo álbum solo com o produtor Steve Albini, para lançamento em novembro. O baterista do NO DOUBT, Adrian Young está gravando com ele. O título do álbum e a data de lançamento ainda não foram reveladas. O primeiro álbum solo de Weiland, "12 Bar Blues", foi lançado em 1998.

Weiland, que foi demitido do VELVET REVOLVER em 1º de abril, se reuniu com o STONE TEMPLE PILOTS para uma turnê que começará em maio em um festival em Ohio.

O STONE TEMPLE PILOTS tem planos de entrar em estúdio esse ano, depois que terminarem a turnê de reunião. Mas os fãs não devem esperar ouvir material novo durante estes shows. O baixista Robert DeLeo disse que eles planejam se reacostumar com eles mesmos e com os fãs, tocando músicas de seus cinco álbuns. "Acho que novo material provavelmente virá depois da turnê. Estamos voltando às coisas que nos mantém juntos, as canções, o material e as razões que fizeram nós nos reunirmos; acho que é uma coisa forte para começar, e fazer algo agradável para todos", ele disse. "Agradável para nós, para os fãs, para as pessoas que vão ao show".

Whitesnake: novo álbum nas lojas e hotsite exclusivo

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Chega às lojas nesta sexta-feira 25 de abril, um dos lançamentos mais esperados do ano! Após 11 anos os fãs recebem a nova obra-prima da banda WHITESNAKE, "Good To Be Bad", lançado no Brasil pela Hellion Records.

Além da edição simples, a Hellion Records disponibilizará no dia 09 de Maio, a versão especial limitada que acompanhará um CD extra, pôster, fotos, adesivos e uma faixa multimídia com o clipe "Ready To Rock".

A partir do dia 09 de maio, os fãs também poderão adquirir o LP duplo importado, com capa dupla e uma faixa bônus ao vivo, exclusiva para versão LP.

Para comemorar o lançamento, a Hellion preparou um hotsite exclusivo, com informações, links, músicas em streaming e o vídeo "Take Me With You (Live)". Confira neste link.

Tracklist:

01 - Best Years
02 - Can You Hear The Wind Blow?
03 - Call On Me
04 - All I Want All I Need
05 - Good To Be Bad
06 - All For Love
07 - Summer Rain
08 - Lay Down Your Love
09 - A Fool In Love
10 - Got What You Need
11 - 'Till The End Of Time

Disco 2 (Acompanha a Edição Limitada):

01 - Summer Rain (Acoustic Version)
02 - All I Want All I Need (Radio Edit)
03 - Take Me With You (Live Version)
04 - Ready To Rock (Video).

Motley Crue: arte gráfica do novo álbum de estúdio

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Confira a capa do "Saints Of Los Angeles", novo álbum de estúdio do MÖTLEY CRÜE, que deve sair no mês de junho:




Segue o vídeo da faixa título:



Venom: arte gráfica de novo álbum, "Hell"

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal



Esta é a arte gráfica de "Hell", novo trabalho do VENOM, com lançamento previsto para o próximo mês, contendo as seguintes faixas:

01. Straight To Hell
02. The Power and The Glory
03. Hand of God
04. Fall From Grace
05. Hell
06. Evil Perfection
07. Stab U in The Back
08. Armageddon
09. Kill the Music
10. Evilution Devilution
11. Blood Sky
12. USA for Satan
13. Dirge / The Awakening

Uma prévia do disco pode ser conferida neste link.

domingo, 27 de abril de 2008

Notícias da Semana

Show: Matanza (27 de Abril/RJ): No dia 27, domingo, o Matanza aporta no Teatro Odisséia para o primeiro show de lançamento no Rio do DVD MTV Apresenta: Matanza ao Vivo no Hangar 110, que chegou às lojas no início de abril, pela Deckdisc. O grupo Monstros do Ula Ula faz a abertura da noite.

O trabalho é um retrato fiel do universo country-hardcore criado pela banda: bares, destilados, carros potentes, brigas, canalhas do submundo, mulheres fáceis e insultos, regados pelo mais puro sarcasmo e ironia.

Depois de quatro álbuns de estúdio, fãs e shows espalhados por todo o país – os quatro cavalheiros do apocalipse mantém a invejável média de 90 shows por ano sem tocar em rádio - estava mesmo na hora de um registro ao vivo, que transpira honestidade e mostra a banda em seu estado bruto. São raros os shows como o do Matanza: um petardo emendado atrás do outro, sem papo furado, retoques ou frescura. A precisão de Jonas na bateria impressiona, ao passo que os incansáveis headbangers Donida e China fazem a parede sonora para os ultrajes do frontman Jimmy London.

Estão presentes no DVD todos os politicamente incorretos clássicos da banda, como Interceptor V6, Maldito Hippie Sujo, Tempo Ruim, Matarei, Ela Roubou Meu caminhão, Eu Não Gosto de Ninguém, A Arte do Insulto, Bom é Quando Faz Mal e muitos outros cantados uníssono pelo público, que lotou o Hangar 110. Um afronte - mais do que bem-vindo - ao rock maquiado que tomou conta do cenário nacional nos últimos anos. “Som pra Macho”, como eles fazem questão de lembrar.

Na abertura da noite, o Monstros do Ula Ula, banda do ex baixista do Planet Hemp Formigão Com influências musicais das mais diversas e exóticas, como Dead Boys, Vicente Celestino, Os Replicantes, Motorhead, Elvis Presley e Enio Morricone, trilhas de filmes de pirata e de guerra, marcha fúnebre, valsa, guarânia e Iê Iê Iê, o grupo tem uma demo, homônima, produzida por Jimmy London.

Lucky Luciano (vocal), Diba Delgado (guitarra e vocais), Gustavo Kalango (guitarra e vocais) e Marcelo Pedrosa (bateria) completam a formação da banda.

(Texto: Valentina Comunicação)

Show: Lançamento do DVD MTV Apresenta: Matanza ao Vivo no Hangar 110
Abertura: Monstros do Ula Ula
Abertura da casa: 20h
Couvert Artístico: R$ 15,00 (Fonte: Rock Online)

Rio das Ostras Jazz & Blues (21 de Maio/RJ): O balneário fluminense de Rio das Ostras sedia, entre 21 e 25 de maio, a sexta edição do Rio das Ostras Jazz & Blues. O evento, apontado pela revista especializada Down Beat como um dos melhores festivais do gênero no mundo, vai apresentar uma seleção de grandes intérpretes e instrumentistas. Os shows são gratuitos e acontecerão em três palcos - Praia da Tartaruga, Lagoa de Iriry e na Cidade do Jazz e do Blues, em Costazul.

(Texto: Tempo 3 Comunicação)

Confira a programação:

DIA 21 – QUARTA-FEIRA

Costazul – 19h
Orquestra Kuarup – Participação especial de Mário Sève e David Ganc
Mauro Senise Quarteto
Robson Fernandes Blues Band

DIA 22 – QUINTA-FEIRA

Lagoa de Iriry – 14h15min
Blues Etílicos

Praia da Tartaruga – 17h15min
Taryn

Costazul – 19h
Delicatessen
Regina Carter
Russel Malone
Will Calhoun’s Native Land Experience


DIA 23 – SEXTA-FEIRA

Lagoa de Iriry – 14h15min
Will Calhoun’s Native Land Experience

Praia da Tartaruga – 17h15min
Bonerama

Costazul – 19h
Taryn
James “Blood” Ulmer Memphis Blood com participação de Vernon Reid
The Godfathers of Groove com participação de Léo Gandelman
John Mayall & The Bluesbreakers


DIA 24 – SÁBADO

Lagoa de Iriry – 14h15min
Russel Malone

Praia da Tartaruga – 17h15min
The Godfathers of Groove com participação de Léo Gandelman

Costazul – 19h
Dudu Lima com participação de Marcos Suzano e Jean Pierre Zanella
Blues Etílicos
John Scofield Trio & The Scohorns
Bonerama


DIA 25 – DOMINGO

Lagoa de Iriry - 14h15
James “Blood” Ulmer Memphis Blood com participação de Vernon Reid

Praia da Tartaruga – 17h15min
John Scofield Trio & The Scohorns (Fonte: Canal Pop)

Richie Kotzen lança álbum ao vivo em São Paulo: A visita do guitarrista Richie Kotzen ao Brasil no ano passado rendeu a gravação de um álbum ao vivo que estará nas lojas em breve. Gravado em uma apresentação no Stones Music Bar em São Paulo no dia 30 de setembro de 2007 o álbum “Live in São Paulo” será lançado no dia 06 de maio.

O álbum trará 12 faixas em 79 minutos de música. Este é o primeiro álbum ao vivo do ex-guitarrista do Mr. Big e do Poison. Abaixo a lista com as músicas de “Live in São Paulo”:

01. A Love Divine
02. Fooled Again
03. Faith
04. So Cold
05. Socialite
06. High
07. Remember
08. Shapes of Things
09. Doin’ What the Devil Says To Do
10. I’m Losing You
11. Mother Head’s Family Reunion
12. Stand (Fonte: Rock Online)

Nine Inch Nails: nova música para ‘download’ gratuito: O Nine Inch Nails disponibilizou nesta terça-feira, 22, mais uma música inédita para que os fãs possam baixar gratuitamente pelo site oficial. Trent Reznor, vocalista e líder da banda, enviou a faixa para rádios norte-americanas que já começaram a tocar a nova canção do grupo.

Ao contrário do último álbum do grupo, a compilação “Ghosts I-IV”, a nova música não é instrumental e traz o vocal de Reznor. Para baixar a música “Discipline” basta acessar o site oficial, http://www.nin.com/, e seguir as instruções [...] (Fonte: Rock Online)

Livro infantil sobre Elvis Presley ganha edição nacional: O livro “Elvis - O Rei do Rock” acaba de ganhar uma edição nacional. Lançado originalmente em setembro do ano passado, o livro foi feito pelo escritor português José Jorge Letria, um dos grandes nomes da literatura infanto-juvenil da atualidade.

“Elvis - O Rei do Rock” é uma biografia do cantor contada para crianças e jovens onde o autor fala da infância, juventude, sucesso e morte de Elvis em linguagem de fácil entendimento ao público infantil. A edição nacional do livro está sendo lançada pela Texto Editores. Além dos textos de Letria, o livro traz ilustrações feitas por Afonso Cruz [...] (Fonte: Rock Online)

Joe Satriani anuncia shows no Brasil: Os apaixonados pela guitarra podem se preparar. O guitarrista norte-americano Joe Satriani anunciou através de seu site oficial uma nova série de apresentações em território nacional. Satriani fará cinco shows no Brasil entre julho e agosto.

O primeiro show será no dia 27 de julho, no Hellooch, em Curitiba. No dia 29 a apresentação será no Credicard Hall, em São Paulo. O Rio de Janeiro recebe o virtuoso guitarrista no dia 31, no palco do Citibank Hall. No dia 1º de agosto o show é em Belo Horizonte, no palco do Chevrolet Hall. Encerrando a turnê, Satriani se apresentará no dia 02 de agosto no Centro de Convenções, em Brasília.

Segundo o site oficial do músico, os ingressos estarão à venda a partir do dia 14 de maio. Satriani está em turnê mundial divulgando seu mais recente trabalho, “Professor Satchafunkilus and the Musterion of Rock”, lançado no dia 01 de abril. (Fonte: Rock Online)

Mindflow anuncia lançamento do novo álbum: O Mindflow confirmou a data de lançamento de seu novo álbum, o terceiro da carreira do grupo. O álbum, que recebeu o nome de “Destructive Device”, estará nas lojas a partir do dia 31 de maio. No dia 06 de maio a banda fará uma sessão de audição especial onde vai mostrar as músicas para a imprensa e membros do Mindflow Street Team.

Ainda em maio o grupo embarca para uma turnê de dois meses pela América do Norte. A banda já tem agendado mais de 30 shows pelos Estados Unidos. Ainda não foram divulgadas apresentações em território nacional. “Destructive Device” foi produzido e mixado por Ben Grosse, que já trabalhou com Megadeth e Marilyn Manson entre outros.

A banda disponibilizou duas faixas novas na página oficial no MySpace. O endereço é www.myspace.com/letyourmindflow. As faixas são “Breakthrough” e “Under an Alias”. (Fonte: Rock Online)

Novo álbum do Tiamat disponível na internet: Cinco anos após o último lançamento, o Tiamat está de volta com o 9º álbum de estúdio da carreira, “Amanethes”. O grupo sueco disponibilizou todas as faixas deste novo lançamento na página oficial no MySpace.

O novo disco traz 14 músicas que estão disponíveis no endereço www.myspace.com/tiamat. O álbum foi gravado em dois estúdios na Grécia e em um terceiro na Suécia. Uma edição limitada, em ‘digipack’, também está disponível nas lojas, trazendo uma faixa bônus: “Thirst Snake”. (Fonte: Rock Online)

Benediction termina as gravações do novo álbum: A banda britânica Benediction terminou o processo de gravação do novo álbum. O trabalho foi batizado de “Killing Music” e será lançado pela Nuclear Blast Records. A data exata do lançamento ainda não foi definida.

“Killing Music” é o 9º álbum do grupo e trará 15 faixas, incluindo dois ‘covers’: “Seeing Through My Eyes” (Broken Bones) e “Largactyl” (Amebix). As gravações do álbum tiveram início em 21 de novembro e a previsão inicial era que o disco estivesse nas lojas em abril.

Este é o primeiro álbum com a nova formação, contando com o baterista Nicholas Barker, ex-Cradle of Filth e Dimmu Borgir. Além de Barker o Benediction conta com Dave Hunt (vocal), Darren Brookes (guitarra), Peter Rew (guitarra) e Frank Healy (baixo).

Abaixo a lista com os nomes provisórios das novas músicas:

01. Hells Gate
02. Cold, Deathless, Unrepentant
03. Killing Music
04. Dripping With Disgust
05. Dissembler
06. Rats In The Mask (Controlopolis)
07. Betrayer
08. Immaculate Facade
09. They Bleed
10. Frozen Heart
11. The Grey Man
12. As Her Skin Weeps
13. They Must Die Screaming
14. Seeing Through My Eyes
15. Largactyl (Fonte: Rock Online)

Phil Collins pretende se aposentar: O cantor e multi-instrumentista Phil Collins revelou em uma recente entrevista que não pretende lançar novos álbuns e nem mesmo fazer outras turnês. O vocalista finalizou em outubro a turnê de reunião do grupo Genesis, onde Collins construiu sua fama como baterista e cantor [...] (Fonte: Canal Pop)

sábado, 26 de abril de 2008

Opinião: Sobre a Cena

Por Luis "Carlinhos" Carlos

Eu acho a palavra “Cena” muito limitada quando falamos de Rock (o Metal é mais uma forma de fazer Rock, assim como é com o Punk, o Pop e por aí vai) e assim, parece que as pessoas são obrigadas a ter que se enquadrar num círculo de pessoas e/ou amizades (?) e daí se impor a diversas regras e gostos. Pra mim Rock é diversão, a Música está em primeiro lugar e sempre a tive como uma maneira de manifestação pessoal, seja na alegria, na tristeza, na raiva, etc. Pra isso existe a diversidade musical, pois muitos estilos se caracterizam justamente por isso, pela “emoção” (não é Emo, falo em relação à música, não por um modismo tolo como esse) que elas passam para pessoa que ouve. Ainda mais pra um sujeito eclético como eu, um apaixonado por música em todos os sentidos que se envolve em muitas coisas relacionadas a ela e que tem na música um modo de vida.

Acho importante cada um fazer sua parte, mas que haja nessa ação muito amor pelo que faz, e isso eu vejo no Blog ARISE, de pessoas que se uniram para construir algo pelo Heavy Metal, existe um senso comum de que todos os envolvidos gostam da música pesada (independente do estilo) e que o mesmo serviu de manifestação para tal. Eu jamais faria parte de algo que “castre” meus pensamentos e nem seria mentiroso com alguém, e pior, ser mentiroso comigo, pois se estou tendo espaço aqui para expor minhas idéias, é porque há um senso comum, e melhor, respeito, uma palavra tão esquecida por alguns fãs do estilo que usam, principalmente, do Orkut uma forma pra denegrir a imagem de alguém. Eu tive recentemente a experiência de passar por um Webzine e sair dele por divergência, pois os mesmos não divulgavam uma banda por considerá-la New Metal (o que nem acho que seja), mas acho que não há errado e certo nessa história, eles têm o direito de divulgar o que quiserem e eu, o direito de fazer parte ou não, o que não posso fazer é trair a mim mesmo e continuar em algo que priva meus pensamentos. O detalhe é que eu nem sou fã do New Metal, mas eu respeito, aliás, não gosto de banda por estilo, gosto pela banda e se for New ou não, o que interessa é meu gosto musical, pois compro Cd, Vinil, Dvd, etc. com meu dinheiro e não devo satisfação pra mingúem quanto ao que eu gosto e deixo de gostar. O importante é que a amizade continua e uma boa conversa e respeito resolveu tudo, somos grandes amigos até hoje e vida que segue.

Mas sendo o “ARISE”, um Blog exclusivamente de Heavy Metal, não vou falar aqui de minhas preferências musicais fora do estilo, e sim citar algumas coisas que acho sobre o Metal. Uma coisa que sinto falta aqui no Rio e que vejo mais em outros Estados, pelo menos o que eu pude conferir enquanto músico da Banda Statik Majik, foi que aqui no Rio ainda se dá muito valor pra Sub-Divisões no Metal. Eu sei bem que isso não é muita novidade e que também tem fora do Rio, mas acho que isso foi um fator negativo para o crescimento do Metal em geral, já que as pessoas passaram a subdividir seu gosto musical também e pra mim esse papo de fulano que diz: “Eu só curto isso, eu só curto aquilo”, é papinho de modista, de pessoas que ou vão ter que evoluir ou vão sair fora logo, ou mesmo, não curtem nada, querem mesmo é só aparecer. Também acho que falta essa iniciativa dos promotores de eventos daqui e que o fato de falarem: “fazemos isso porque o público quer isso” é ilusão, poxa, qual a graça de se fazer algo quando não nos desafiamos de vez em quando? Em que se baseiam pra dizer isso, ora bolas, vão e façam. Nas poucas vezes que eu tenho visto isso acontecer, caso do Parayba Rock Fest (em que eu mesmo toquei num evento que tinha bandas Punks e tudo correu numa boa), no Battle (tocaram bandas de Melódico, Thrash, Black, Death, etc), eu percebi que tudo rolou normalmente. Aliás, falando em Black, Death e Thrash é até engraçado, já que são nesses estilos extremos onde reside um grande mal (que coincidência) entre os fãs do Metal chamado: “Radicalismo”, pois no começo dos Anos 90, o radicalismo era total e quem curtia Black falava que Thrash era som da moda, que não permitiriam Stage Dive, etc (quem viveu MESMO o Garage nessa época, por volta de 92, 93... sabe o que tô dizendo, pois hoje ir ao Garage significa estar na Rua Ceará perambulando por lá), mas aí te pergunto: Onde estão os radicais hoje? muitos morreram, outros viraram evangélicos, etc. e o Carlinhos, que sempre freqüentou esses eventos e levou tudo na diversão, que sempre curtiu a banda que gostava independente do estilo taí até hoje. Eu vi de perto brigas hilárias, discussões bizarras, pois eu conhecia ambas as partes e participava de Fanzines na época (um bem radical até chamado Carnage Zine). Radicalismo é um Câncer no Metal. Vamos misturar, vamos nos divertir, E ACIMA DE TUDO: RESPEITO, pois assim o metal será bem melhor !!!

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Notícias

ASSASSIN PELA PRIMEIRA VEZ NO BRASIL

Uma das bandas mais conceituadas do Thrash Metal alemão confirma shows pelo Brasil. A banda ASSASSIN, que se apresentará pela primeira vez em terras brasileiras, promete fazer um verdadeiro assassinato nas três datas confirmadas pelo país. As datas agendadas são:

12/06 - Cascavel - PR (Quinta - feira)
13/06 - São Paulo - SP (Sexta - feira)
14/06 - Campinas - SP (Sabado)

O show de São Paulo, que acontecerá no HANGAR 110, também contará com as bandas ANDRALLS, THE ORDHER e SIDE EFFECTS.

Maiores informações: 011 8214-4351

Venom disponibiliza trechos de faixas de novo CD

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

O VENOM, pioneiros britânicos do Black Metal, disponibilizaram amostras de oito músicas que estarão no seu próximo álbum, “Hell”. Clique aqui para conferir as seguintes faixas:

- Hell
- Straight to Hell
- Stab U in the Back
- The Power & The Glory
- USA for Satan
- Evil Perfection
- Hand of God
- Dirge

De acordo com um comunicado no site da banda, o CD – que será lançado em maio via Universal – terá “13 faixas malevolentes dos mestres do Black Metal”:

01. Straight To Hell
02. The Power and The Glory
03. Hand of God
04. Fall From Grace
05. Hell
06. Evil Perfection
07. Stab U in The Back
08. Armageddon
09. Kill the Music
10. Evilution Devilution
11. Blood Sky
12. USA for Satan
13. Dirge / The Awakening.

Christian Palin é o novo vocalista do Adagio

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

O finlandês Christian Palin (RANDOM EYES, ESSENCE OF SORROW) é o novo vocalista do ADAGIO.

"Nós estamos muito felizes por termos Chris à bordo, ele é um vocalista incrível, e uma impressionante bola de energia. Já haviamos começado a trabalhar juntos há um mês atrás e vamos começar a gravar os vocais em 24 de abril. A bateria, o baixo e a guitarra já estão terminados, e nós esperamos que o CD esteja totalmente pronto, mixado e masterizado para o dia 20 de maio. O som da guitarra está incrívelmente pesado, estamos sentindo que o 'Archangels In Black' será um disco extremamente pesado!!!", disse Stéphan Forté.

Metal Church: revelada capa vencedora de concurso

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Abaixo, a arte vencedora do concurso promovido pelo METAL CHURCH para ser a capa do novo álbum da banda. O nome do artista é Rainer Kalwitz, da Alemanha. Outras artes enviadas para o concurso serão usadas no encarte do álbum.



Black Sabbath lançará box set da "era Dio"

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

De acordo com Joe Seigler, webmaster do Black-sabbath.com, será lançado em 22 de julho via Rhino Records um box-set com cinco CDs do BLACK SABBATH, chamado "The Rules Of Hell", trazendo versões remasterizadas dos quatro discos lançados na "era Dio" - "Heaven and Hell", "Mob Rules", "Live Evil" e "Dehumanizer".

Mais detalhes serão divulgados posteriormente.

Guns´n Roses comenta decisão de Robin Finck

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Em nota no site oficial o GUNS N´ ROSES afirma que a decisão do guitarrista Robin Finck de excursionar com o NINE INCH NAILS, surpreendeu a todos: "Os planos de Robin pegaram de surpresa todos do Guns, além dos nossos fãs. Nem a gente nem a gravadora sabemos mais a esse respeito, e preferimos não especular ou opinar neste momento", diz a nota.

O grupo afirmou ainda que estaria "em negociações" para lançar o seu novo álbum, "Chinese Democracy".

AC/DC finaliza a gravação de seu novo disco

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Brian Johnson teria dito a uma rádio norte-americana hoje cedo que o AC/DC já terminou as gravações de seu novo trabalho, que está atualmente em processo de mixagem.

Ao que consta, Brian deixou Angus e Malcolm Young no estúdio em Vancouver, Canadá, onde os irmãos estariam mixando o álbum juntamente com os produtores Mike Fraser e Brendan O'Brien.

O vocalista dissera ainda que o próximo passo será cuidar da parte gráfica e a promoção do trabalho, que deve sair ainda este ano e em seguida a banda entrará em turnê.

Ayreon: samples e tracklist de EP com Tobias Sammet

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

No site oficial do projeto AYREON, de Arjen Lucassen, foi divulgada a relação das faixas do novo EP, "Elected", com a participação de Tobias Sammet (AVANTASIA, EDGUY) no cover de ALICE COOPER. Além disso, há samples disponíveis de todas as músicas da EP.

Segue a tracklist:

01 - Elected (Non-Album Track, With Tobias Sammet)
02 - E=mc² (Non-Album Track, Live Acoustic Session From Studio Brussel)
03 - Ride The Comet (From "01011001")
04 - Day Six: Childhood (Non-Album Track, Re-arranged For Piano and Voice).

Ouça tributo a Dimebag com "Ripper" Owens e Ellefson

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Jason Bittner, baterista do SHADOWS FALL, juntou-se à David Ellefson, ex-MEGADETH; Tim ‘Ripper’ Owens, ex-JUDAS PRIEST/ICED EARTH e atualmente no BEYOND FEAR/YNGWIE MALMSTEEN e Tristan "1690" Grigsby, guitarrista do DAITRIBE, para gravar uma música que estará no tributo a "Dimebag" Darrell Abbott, guitarrista do PANTERA/DAMAGEPLAN.

Chamada "Leave It Alone" a canção terá solos de convidados especiais como Nick Bowcott (ex-GRIM REAPER) e o fã Brian Cashmore. A faixa foi gravada e mixada em Chicago no Farview Recording por Jason Walsh enquanto as demais faixas do álbum foram gravadas em Phoenix no Arizona e em Galahad em Cleveland, e pode ser ouvida na integra neste link.

“Leave It Alone” chegará às rádios no dia 6 de maio e estará disponível para download exclusivamente via iTunes. Toda a renda será revertida ao programa “Little Kids Rock School”, que acredita que todas as crianças dos colégios públicos merecem ter uma educação musical pois isso pode mudar sua vida. Dimebag sempre teve a mesma filosofia, sempre compartilhando sua paixão e amor pela musica com o mundo, inspirando garotos a escolherem a guitarra como instrumento.

Comentário de Owens: “Foi bem divertido ajudar a escrever e gravar essa canção com excelentes músicos e amigos, ainda mais sendo por uma boa causa! Então eu gostaria que o fãs comprassem-na pois trata-se de caridade. É a caridade do Dime. E por favor, não façam download de graça!”

Ellefson: “Ironicamente, [a gravação da música] nos levou a uma jam verdadeiramente legal que nós fizemos para a Rockhouse no NAMM este ano e um show que trouxe nosso amigo Ripper para rasgar (NOTA: Ripper, apesar de ser usado no idioma Inglês como uma referencia ao Gream Ripper, a figura da morte, pode ser traduzido para o português como rasgar) tudo nos vocais. ‘Leave It Alone’ não é apenas uma musica legal, mas sim o começo de um grande relacionamento entre eu e Jason Bittner, fazendo clínicas, jams, etc.”

Ride The Sky, com Uli Kusch, encerra atividades

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

O RIDE THE SKY, banda que contava com Uli Kusch, ex-HELLOWEEN/MASTERPLAN, juntamente com o vocalista Bjørn Jansson, ex-TEARS OF ANGER/BEYOND TWILIGHT, o guitarrista Benny Jansson e o baixista Granås (XSAVIOR), anunciou o encerramento de suas atividades.

De acordo com o grupo, “Nem os membros nem a banda parecem ter vontade de gravar um segundo álbum. Não havia muita atenção da mídia e sem o apoio da gravadora, chegamos ao ponto que não valeria a pena sequer tentar completar um segundo disco”.

Mayhem: Blasphemer anuncia sua saída do grupo

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Blasphemer (também conhecido como Rune Eriksen), guitarrista/ compositor do MAYHEM, decidiu sair da lendária banda norueguesa de Black Metal.

Sua declaração sobre o assunto foi a seguinte:

“É com estas palavras escritas que me despeço do posto de guitarrista do MAYHEM”.

“A razão principal por trás dessa decisão é o fato de que eu simplesmente não vejo mais nenhum futuro para mim na banda, pelo menos não um futuro do qual eu gostaria de participar nos próximos anos. Estive tocando na banda por mais de 13 anos e compusemos, produzimos e lançamos muitos álbuns feitos com muito planejamento, dedicação e talento, mas chegamos agora a uma encruzilhada. Mais cedo ou mais tarde, tudo tem o seu fim e, no meu caso, esse ciclo está completo”.

“Para alguns de vocês isso pode não ser uma grande surpresa, já que eu afirmei claramente em várias entrevistas que eu não tinha certeza sobre qual seria o próximo passo. Essas ‘dicas’ eram baseadas parcialmente no fato de que nosso último álbum cumpriu todas as expectativas, visões e aspectos de negatividade que eu queria expressar com essa banda. Além disso, o que também é importante, eu estava cansado das turnês, cheias de turbulência e diferenças pessoais, e do meu papel na banda”.

“Essa tem sido uma jornada sombria, dedicada e mágica e, enquanto alguns seres e entidades se desenvolvem, outros continuam os mesmos. Eu desenvolvi minha essência. Sem dúvida. Entretanto, o legado do MAYHEM vai, e deve, permanecer o que sempre foi e desejo agradecer a todos os envolvidos e desejar a eles tudo de bom no futuro. Também gostaria de agradecer a todos os que me apoiaram nesses anos todos. Desde o 'Wolf's Lair Abyss' [EP, 1997] até 'Ordo Ad Chao' [álbum, 2007], minha visão tem sido clara. Também tenho certeza de que a banda vai continuar com uma respeitável formação, que vai lançar um álbum que fará jus à história da banda”.

“Eu escolhi me concentrar agora em outros caminhos em termos de criatividade e visão. Minha criação, AVA INFERI [banda portuguesa de Gothic/ Doom Metal], já tem uma agenda cheia e nosso terceiro álbum já está sendo produzido. Eu também ressurgirei com novo ânimo e sangue num futuro projeto de música extrema. Isto não é o fim para mim, muito pelo contrário. É um novo começo”.

“Mas os poucos shows já agendados acontecerão como planejado COMIGO”.

Khallice libera três músicas de seu novo trabalho

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

A banda de Prog-Metal KHALLICE (DF) acaba de disponibilizar três músicas inéditas que farão parte de seu novo CD para os internautas.

Para conferir acesse o MySpace do grupo: www.myspace.com/khallice.

Richie Kotzen lançará "Live In Sao Paulo" em maio

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Richie Kotzen (MR. BIG, POISON) lançará no dia 6 de maio seu primeiro disco ao vivo, chamado "Live In Sao Paulo", gravado em 30 de setembro do ano passado

Segue a relação das faixas do CD, que totaliza 79 minutos de duração:

1. A Love Divine
2. Fooled Again
3. Faith
4. So Cold
5. Socialite
6. High
7. Remember
8. Shapes of Things
9. Doin' What the Devil Says To Do
10. I'm Losing You
11. Mother Head's Family Reunion
12. Stand

Stone Temple Pilots: novo material após a turnê

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

De acordo com Gary Graff, do Billboard.com, algumas das novas músicas do STONE TEMPLE PILOTS estão quase prontas mas não serão ouvidas até que o recém reunido grupo termine a turnê, próximo do final do ano.

“Eu acho que o novo material estará pronto provavelmente depois da turnê”, diz o baixista Robert DeLeo. “Penso que a coisa toda está voltando então podemos agora fazer aquilo que sabemos. Eu acho que isso nos trará uma melhor atmosfera e melhores apresentações... ao invés de fazermos primeiro um novo disco. Então depois da turnê, eu acho que estaremos na posição em que eu acredito que nos conheceremos novamente, daí eu acho que será hora de entrar no estúdio.”

DeLeo diz que ele e seu irmão, o guitarrista do STP, Dean DeLeo, estão “sempre, sempre, sempre” trabalhando em novas músicas e então ponderam se o material se enquadra na proposta do STP. “Sempre temos material no forno”.

Por enquanto, contudo, o grupo está focado nos ensaios para a turnê, que – seguindo um show surpresa neste mês no Houdini Estate em Los Angeles, que deve ser lançado em DVDV – começa dia 17 de maio no festival Rock on the Range em Columbus, Ohio e termina dia 31 de agosto no festival Bumbershoot em Seattle. DeLeo afirma que é “uma grande meta”, mas ele é otimista quanto à banda estar preparada para o desafio.

Satyricon: detalhes e sample de novo EP

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

A banda norueguesa de Black Metal SATYRICON disponibilizou uma amostra da faixa título do seu novo EP, "My Skin Is Cold", na página inicial do seu website: http://www.satyricon.no/

“My Skin Is Cold” será lançado no dia 2 de junho em versão vinil de 7 polegadas, incluindo um CD com 5 faixas. Está será a única versão do EP e a informação é de que a embalagem seja “algo simplesmente extraordinário!”

Segue a relação das faixas:

01. My Skin Is Cold (exclusiva do EP)
02. Live Through Me (re-masterizada, versão original lançada apenas como bonus da edição em LP de "Volcano")
03. Existential Fear-Quetions (re-masterizada, versão original lançada apenas como bonus da edição em LP de "Volcano")
04. Repined Bastard Nation (ao vivo no show Gjallarhorn no Sentrum Scene, Oslo, novembro 2006)
05. Mother North (ao vivo no show Gjallarhorn no Sentrum Scene, Oslo, novembro 2006).

Dr.Sin em tributo aos Beatles e trilha de novela

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

O DR.SIN publicou em seu web site oficial e também em seu Fã-Clube a notícia sobre a sua participação em um tributo comemorativo de 40 anos do lançamento do Álbum Branco, dos BEATLES. A música que o trio gravou para esse projeto ainda não foi mencionada, mas alegaram estar satisfeitos com o resultado e que em breve essa homenagem estará nas lojas.

Outra notícia fica por conta da inclusão da música “Fire”, do álbum Brutal (1995) na trilha sonora da novela "Chamas da Vida" que será exibida em breve.

Dr.Sin Oficial: http://www.drsin.com.br/
Fã-Clube Oficial: http://www.drsiteonline.com.br/.

terça-feira, 22 de abril de 2008

Show Review: Gamma Ray e Helloween

Data: 17/04/2008
Local: Citibank Hall – Rio de Janeiro/RJ

Texto por Wesley Rodrigues
Fotos por André Gil, menos fotos das palhetas por Thomas Sabino
Fotos adicionais por Célio Azevedo podem ser conferidas aqui


Confesso que fui ao Citibank bem cético, achando que esses shows seriam um tanto dispensáveis. Com a mesma arrogância, meus amigos não pensavam diferente. Nos deslocamos até a Barra animados apenas pelo bom preço dos ingressos e pelo peso do passado de ambas as bandas, já que o presente delas está longe de ter o mesmo brilho. Felizmente, nossas expectativas foram em muito superadas.

A abertura ficou por conta do Gamma Ray. O meu ânimo começou a mudar quando adentrou o palco ele, a entidade-mor do heavy alemão, o Exú do melódico, um dos gênios do metal, Sr. Kai Hansen. O legado e a importância dessa figura fazem a maior diferença e já a partir da primeira música eu, vendo o homem ali há tão poucos metros, soube que aquele show prometeria. Abriram com Into the Storm do novo álbum. Emendaram com a antiga Heaven Can Wait e depois New World Order. Os alemães e o público perceberam logo cedo que o jogo estava ganho.

Com um sorriso que não saía da cara, giros, pulos, chute pro ar, Hansen pareceu realmente estar curtindo muito. Também pudera: a platéia estava muito animada. Todos foram obedientes aos pedidos de palmas do Zimmermann, aos iê-ohs do vocalista e etc.. Um grande momento de interação com o público foi em Heavy Metal Universe, onde a banda pede para a direita, o centro e a esquerda gritarem cada um a sua vez as três palavras da música.

O ponto alto do show foi mesmo a obra-prima do grupo, Rebellion in Dreamland. Infelizmente, eles cometeram a estúpidez de não a tocarem na íntegra. Ride the Sky com seu riff meio thrash foi a única do Helloween. Fecharam com Somewhere out in Space e Send me a Sign.

Acho que o set-list poderia ter sido melhor mas quanto a isso não há muito o que reclamar. O grande problema do show foi mesmo o som que não estava lá 100%. Mas não foi nada que tenha atrapalhado essa bela perfomance. Tão boa que ao final estava eu lá louco para ver se arrumava uma das palhetas que o baixista Dirk Schlachter estava distribuindo generosamente para os fãs. Só o meu amigo Thomaz teve a sorte de conseguir uma (ver fotos).

O Gamma Ray já tinha valido o ingresso mas o que veio em seguida o superou. Sim, o show do Helloween foi melhor. Mais felizes no repertório, os caras atacaram logo de Halloween (grande escolha!), Sole Survivor (uma das melhores da fase Deris) e March of Time.

O som estava melhor neste show. A única coisa que incomodava levemente era que o volume das guitarras aumentava muito na hora dos solos (isso também aconteceu no Gamma Ray).

A primeira do disco novo foi As Long as I Fall, bem recebida pelo público. Mas nada se compara à hora em que eles anunciaram Eagle Fly Free. É um fenômeno o que acontece quando tocam essa música: as pessoas correm para mais perto do palco, pulam, abrem os braços e simulam um vôo, fecham os olhos, cantam com emoção e choram, além das tradicionais air guitars e bangeadas. Uns até se disporam a pogar mas isso não funcionou muito, é óbvio. Roda em show de melódico só se for de RPG. Enfim, a platéia foi um espetáculo à parte. O pessoal ficou animado até com o solo de bateria.

Outra da fase Kiske que foi recebida com euforia é Dr. Stein, com grande performance do Andi Deris. Tá certo que o cara não chega aos pés do vocalista substituído mas quem disse que voz é tudo que um frontman precisa? Não existe o Ozzy Osbourne, Dave Mustaine, Axl Rose e outros para nos provar o contrário? O fato é que Andi Deris arrebentou, segurou as pontas nas músicas antigas (não sem muita dificuldade) e deu show à parte com todo o gesticulár que lhe é próprio.

Para encerrar, um medley fantástico, uma chuva de canções marcantes: I Can, Where the Rain Grows, Perfect Gentleman, Power e Keeper of the Seven Keys. Cada uma dessas músicas mereceria ser tocada na íntegra.

Mas o melhor ainda estava por vir: Hansen, Dirk e Henjo voltaram ao palco para executarem junto com o Helloween duas músicas: Future World e I Want Out no maior clima de festa e confraternização, rolando vários abraços entre os músicos no final. É essa jam que tem tornado essa turnê tão especial. Desnecessário dizer o que aquilo significou para os presentes ali.

Enfim, um show especial de duas bandas de importância na história do Heavy Metal, em especial do melódico, estilo que é talvez o mais detratado dentro da cena.

Gamma Ray:













Helloween:



























Gamma Ray e Helloween:











segunda-feira, 21 de abril de 2008

Notícias

Guns N´ Roses desmente participação em Reality Show

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

GUNS N’ ROSES qualificou como falsa uma recente notícia veiculada na internet, dando conta que uma rede de TV havia proposto criar um Reality Show com o líder do grupo, Axl Rose.

Em um comunicado oficial, Del James, parceiro de longa data de Axl, diz: “Apesar dos rumores circulando pela internet, o GUNS N’ ROSES não participará de nenhum programa de TV para promover o lançamento do seu quarto álbum, ‘Chinese Democracy’, ou por nenhum outro motivo. Os rumores de que haveria um Reality Show começaram há algum tempo e se espalharam como se tivessem vida própria, mas nada disso é verdade.”

Um repórter do AllYourTV.com recentemente afirmou que uma “grande rede de televisão voltada à música” propôs a idéia do Reality Show envolvendo Axl Rose. Fontes ligadas ao programa disseram ao website que o show daria ênfase aos esforços do cantor em completar o eternamente adiado álbum do GUNS N’ ROSES, “Chinese Democracy”. O seriado filmaria Axl e outros membros da formação atual da banda em ensaios, no estúdio, e contaria com entrevistas.

Fontes ligadas à gravadora do Guns, Geffen Records, afirmam que uma versão final de “Chinese Democracy” foi enviada à gravadora. Axl e a gravadora ainda estão, entretanto, negociando questões financeiras e de direitos autorais.

Nightwish: liberado clipe de "The Islander"

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Foi liberado no canal oficial da banda finlandesa NIGHTWISH no YouTube, o clipe do single "The Islander":



Mötley Crüe: novo vídeo oficial da banda

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

O MOTLEY CRUE, que está prestes a lançar seu novo álbum de estúdio, primeiro em oito anos, acaba de lançar um vídeo oficial do primeiro single. O vídeo é da música "Saints of Los Angeles", e pode ser conferido abaixo:



AC/DC: Brian Johnson confirma gravação de novo disco

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Brian Johnson confirmou para repórteres que está trabalhando em novas músicas, que virão a ser o novo trabalho do AC/DC. Citou ainda que a banda está em um estúdio no Canadá, com o produtor Brendan O' Brien, gravando o novo disco.

Falando para uma estação de rádio norte-americana, o vocalista revelou que estão no estúdio há quase cinco semanas. "Nós estamos trabalhando com Brendan O'Brien, o produtor do Bruce Springsteen, e ele é um cara muito legal. Ele sabe exatamente o que queremos, e isto nos faz soar muito bem. Este será o primeiro álbum em oito anos".

Depois de perguntarem se entrarão em turnê depois do lançamento do novo disco, Brian responde: "Eu posso dizer que sim, mas você sabe, coisas podem acontecer, mas o que nós todos queremos é voltar com tudo, estamos todos muito ansiosos. Malcolm e Angus estão elétricos, Phil Rudd já conseguiu toda a mágica do passado na bateria, e Cliff Williams está brilhante, como sempre. Estamos todos nos divertindo muito. Somos como velhos amigos se divertindo um pouco".

A entrevista pode ser conferida abaixo (somente o áudio)



Bruce Dickinson: veja trailer oficial de seu filme

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

“Chemical Wedding”, filme dirigido pelo vocalista do IRON MAIDEN, Bruce Dickinson, acaba de ter seu primeiro trailer revelado.



A première acontece no dia 17 de maio, durante o Festival de Cannes. Dickinson levará alguns seletos convidados para assistir ao filme no festival.

“Chemical Wedding” conta a história de um professor universitário, interpretado por Simon Callow, que se torna a reencarnação de Aleister Crowley, conhecido como o homem mais maligno de toda a Grã Bretanha. A película foi dirigida por Bruce Dickinson e Julian Doyle, que já trabalhou com o cantor em vídeos de sua carreira solo e com o próprio IRON MAIDEN.

Joe Satriani: turnê no Brasil em site oficial

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

O site oficial do guitarrista virtuoso norte-americano JOE SATRIANI anunciou uma nova turnê latino-americana com cinco apresentações no Brasil; Confira:

Data: 27/07 (domingo) - Curitiba/PR
Local: Hellooch

Data: 29/07 (terça-feira) - São Paulo/SP
Local: Credicard Hall

Data: 31/07 (quinta-feira) - Rio de Janeiro/RJ
Local: Citibank Hall

Data: 01/08 (sexta-feira) - Belo Horizonte
Local: Chevrolet Hall

Data: 02/08 (sábado) - Brasília/DF
Local: Centro de Convenções

Maiores informações em breve.

JOE SATRIANI começou a tocar guitarra após a morte de JIMI HENDRIX (pois até então tocava bateria). Satriani já foi professor de alguns guitarristas famosos tais como STEVE VAI, Kirk Hammet do METALLICA, David Bryson do COUNTING CROWS, entre outros. A atual turnê promove seu mais recente álbum de estúdio "Professor Satchafunkilus and the Musterion of Rock" (2008).

Nova música do Def Leppard em Guitar Hero

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

"Nine Lives", música nunca antes lançada do DEF LEPPARD, e que constará no novo disco da banda a ser lançado em breve, já pode ser baixada pela internet para integrar o seu Guitar Hero III.

"Estar envolvido com Guitar Hero é muito excitante para nós, e adiciona para nós uma nova camada de fãs" afirma Joe Elliott, vocal da banda. Ainda diz: "Sei, por experiência pessoal que você interage muito mais com a música pelo jogo, e esta é a razão por querermos explorar essa oportunidade. O jogo é extremamente popular entre todos os tipos de fãs de música, o que inclui vários de nossos fãs. Achamos que lançar 'Nine Lives' primeiramente no Guitar Hero é simplesmente fantástico."

Deep Purple ganhará box com singles em LPs

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

O ressurgimento do vinil continua agora com a notícia de que a EMI lançará uma edição em LP de um box trazendo vários singles do DEEP PURPLE.

Todos os singles serão produzidos com os selos originais em discos pretos de vinil. O Box conterá também o trabalho posterior "New Live & Rare EPs".

Megadeth: sai Goiânia e entra Belo Horizonte na tour

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

O site oficial do MEGADETH acaba de informar que o show em Goiânia marcado para o dia 8 de Junho, acaba de ser cancelado. No lugar a banda vai tocar em Belo Horizonte no mesmo dia. Confira a mensagem no site oficial.

"Por favor tomem nota de que o show do Megadeth que estava marcado para Goiânia, Brasil, em 8 de Junho, acaba de ser movido para Belo Horizonte, Brasil. Veja a sessão Killing Road para mais informações."

Desta maneira a turnê do Megadeth pelo Brasil fica assim:

4 de Junho - Curitiba - Hellooch
6 de Junho - São Paulo - Credicard Hall
7 de Junho - Rio de Janeiro - Citibank Hall
8 de Junho - Belo Horizonte

Hammerfall: novo DVD e álbum de covers em junho

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Dois novos lançamentos do HAMMERFALL estarão nas lojas em 27 de junho: um DVD que dá continuidade às crônicas da carreira da banda e um CD de covers – na realidade, uma compilação de todas as releituras gravadas pelo grupo até o presente momento com a adição de três músicas que não haviam sido lançadas. Este também será o último trabalho que contará com o guitarrista Stefan Elmgren, que deixou a banda para ser piloto de avião e foi substituído por Pontus Norgren.

Primeiro, os detalhes sobre o DVD, intitulado “Rebels With A Cause - Unruly, Unrestrained, Uninhibited":

O DVD será uma continuação dos anteriores ("The First Crusade" e "The Templar/Renegade Crusades") e conterá entrevistas e material gravado pelos próprios músicos e abrange um período de seis anos, indo do começo de 2002 até o final de 2007, e foi editado como um documentário (como um filme contínuo), mas obviamente dividido em capítulos. Também estão incluídos todos os seis vídeos promocionais gravados no mesmo período em questão; quatro músicas gravadas ao vivo no Filderstadt 2005, cinco clipes de TV dos quais a banda comprou os direitos da SVT (Nota do tradutor: Sveriges Television, rede de TV estatal da Suécia) e mais algum material como bônus. O tempo total do DVD é estimado em três horas.

Já o CD, chamado "Masterpieces", trará as seguintes músicas:

01. Child of the Damned (WARLORD)
02. Ravenlord (STORMWITCH)
03. Eternal Dark (PICTURE)
04. Back to Back (PRETTY MAIDS)
05. I Want Out (HELLOWEEN)
06. Man on the Silver Mountain (RAINBOW)
07. Head Over Heels (ACCEPT)
08. Run With the Devil (HEAVY LOAD)
09. We're Gonna Make It (TWISTED SISTER)
10. Breaking the Law (JUDAS PRIEST)
11. Angel of Mercy (CHASTAIN)
12. Rising Force (YNGWIE J. MALMSTEEN'S RISING FORCE)
13. Detroit Rock City (KISS)
14. Crazy Nights (LOUDNESS)
15. När Vindarna Viskar Mitt Namn* (ROGER PONTARE)
16. Flight of the Warrior (RIOT)
17. Youth Gone Wild (SKID ROW)
18. Aphasia (EUROPE)

("När Vindarna Viskar Mitt Namn" significa "Quando o vento sussurra meu nome").

Judas Priest: veja capa e ouça faixa de novo disco

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Confira abaixo a faixa título de “Nostradamus”, novo trabalho de estúdio do JUDAS PRIEST, previsto para sair em 17 de junho nos EUA e um dia antes no resto do mundo.


Quantcast

Conforme já publicamos, o disco será duplo e retrata a história do polêmico profeta do século 16 Michel de Nostredame. “Fazer o ‘Nostradamus’ foi uma experiência inédita para o JUDAS PRIEST”, disse o vocalista Rob Halford à revista norte-americana Billboard. “A vida dele já é bem documentada, então apenas pegamos os pedaços mais significantes de sua vida e, com a emoção certa, criamos as músicas e letras que combinassem com tudo”, reiterou.



Segue o tracklist:

01. Dawn of Creation *
02. Prophecy
03. Awakening *
04. Revelations
05. The Four Horsemen *
06. War
07. Sands of Time *
08. Pestilence And Plague
09. Death
10. Peace *
11. Conquest
12. Lost Love
13. Persecution
14. Solitude *
15. Exiled
16. Alone
17. Shadows In the Flame *
18. Visions
19. Hope *
20. New Beginnings
21. Calm Before the Storm *
22. Nostradamus
23. Future Of Mankind

* faixas instrumentais que servem de introdução à principal.

Tyketto: disco na íntegra, tarde de autógrafos no RJ

Publicado no www.whiplash.net - o mais completo site de rock e metal

Os norte-americanos do TYKETTO, que se apresentam dia 26 de abril no Hard In Rio (RJ) juntamente com as bandas HOUSE OF LORDS e WHITE LION anunciaram que para este show irão tocar seu primeiro CD ("Don´t Come Easy") na íntegra.

A banda ainda concederá uma tarde de autógrafos na sexta-feira dia 25 de abril na loja Headbanger (Rua Conde de Bonfim 346 - 2o Andar - Tijuca).

domingo, 20 de abril de 2008

Notícias da Semana

Rato no Rio, Fashion Produções e Rio Metal Works apresentam:

Hard n' Roll/RJ - 3° Edição

Apresentando um tributo a bandas como: Skid Row, Europe, Stelldragon, Firehouse,Motley Crue, Led Zeppelin, Rainbow, Deep Purple além de TRABALHOSAUTORAIS.

Com as Bandas:
Dirty Hot Box
Dr Angel
Magna Sina
Sebastian

DOMINGO - 04 de MAIO de 2008 - 15h

Local: Sport Clube Mackenzie
Rua Dias da Cruz
Nº561 - Méier
(ao lado do Prezunic)

Ingressos:
Antecipado: R$8
Com Flyer: R$10
Na hora: R$12

Postos de venda:

Outside Cds - Méier
Rua dias da Cruz nº 143A, Sala 205 - Tel.: 3899-0888

Alley Rock Wear - Madureira
Shopping Polo 1 - Estrada do Portela nº 99 Lj. 244 - Tel.: 3018-8460

Underground Rock Wear - Bangu
Centro Comercial Popular de Bangu. Rua Francisco Real, 1969, Box 61 A. -Tel.: 3018-8460

Scheherazade - Tijuca
Shopping Vitrine da Tijuca - Rua Conde de Bonfim nº 366, Lj. 209 - Tel.: 2569-1250.

Requiem Rock Store - Campo Grande
Shopping Popular de Campo Grande - Galeria B, Box 107 - Atrás da Rodoviária Tel. 9709-4535

Hard N' Heavy - Flamengo
Rua Marques de Abrantes 177/106 - Tel. 2552-2449

Skate Rock - Caxias
Rua José de Alvarenga nº 265 Lj. 16 - Tel.: 2671-7838

Acesse:
http://www.riometalworks.net

Apoio:
Programa Rockmotor
Rio Underground
Rock Underground


Joe Lynn Turner anuncia shows no Brasil: O vocalista Joe Lynn Turner anunciou seu retorno ao Brasil para o próximo mês de junho. O cantor, que já esteve no Brasil em 1991, à frente do Deep Purple, fará uma série de cinco apresentações em território nacional a partir do dia 24 de junho, quando se apresentará na Casa Brazil, em Belo Horizonte.

Segundo a agenda do cantor no MySpace, no dia 26 é a vez de Campinas, no interior de São Paulo, receber o vocalista. O local ainda não está confirmado. No dia 28 a apresentação será no Espaço Callas, em Curitiba. No dia seguinte Turner estará no Manifesto Bar, em São Paulo, e para encerrar a turnê, dia 30 a apresentação será no Bar do Tom, no Rio de Janeiro.

As casas de shows ainda não divulgaram informações sobre as apresentações em seus respectivos sites. Em breve os detalhes devem ser anunciados. Existe a possibilidade desta turnê contar com a presença de Tony Martin, ex-vocalista do Black Sabbath, e Geoff Nicholls, tecladista que acompanhou o Sabbath em turnê desde 1980. A presença de Martin e Nicholls ainda não foi confirmada. (Fonte: Rock Online)




David Bowie anuncia álbum ao vivo da turnê de “Ziggy Stardust”: O cantor inglês David Bowie anunciou o lançamento de um novo álbum ao vivo. O disco será lançado em CD e também em LP duplo contendo o registro de uma apresentação realizada em 20 de outubro de 1972, no Santa Monica Civic Auditorium, em Los Angeles.

O álbum, chamado “David Bowie, Live Santa Monica ‘72”, trará um dos shows de divulgação do álbum “The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars”, lançado naquele ano e aclamado como um dos melhores álbuns do cantor.

Sobre a gravação, Bowie disse para a imprensa britânica que na época estava totalmente envolvido em ser Ziggy Stardust. Não atuando, mas realmente sendo o personagem. O disco trará 18 faixas incluindo sucessos como “Space Oddity”, “John, I’m Only Dancing” e “Changes”. Confira abaixo o repertório do álbum:

01. Introduction
02. Hang on to Yourself
03. Ziggy Stardust
04. Changes
05. The Supermen
06. Life on Mars?
07. Five Years
08. Space Oddity
09. Andy Warhol
10. My Death
11. The Width of a Circle
12. Queen Bitch
13. Moonage Daydream
14. John, I’m Only Dancing
15. I’m Waiting for the Man
16. The Jean Genie
17. Suffragette City
18. Rock ‘n’ Roll Suicide (Fonte: Rock Online)




Espetáculo “Love”, com músicas dos Beatles, será lançado em DVD: Será lançado em 23 de junho o DVD “All Together Now”, documentário sobre a montagem do espetáculo “Love”, que traz músicas dos Beatles como trilha sonora. O espetáculo foi montado pela famosa trupe circense Cirque du Soleil em 2006 e no mesmo ano um álbum foi lançado.

A versão em DVD traz 122 minutos de espetáculo e mais um documentário com cenas que mostram as reuniões de Paul McCartney, Ringo Starr e Yoko Ono com os responsáveis pelo projeto. Também há filmagens dos primeiros ensaios, antes mesmo da estréia de “Love” em Las Vegas. Desde a estréia, em junho 2006, o espetáculo está em cartaz atraindo milhares de espectadores. (Fonte: Rock Online)




Brian May anuncia continuação do musical “We Will Rock You”: O guitarrista do grupo Queen, Brian May, anunciou nesta semana que uma seqüência do musical “We Will Rock You” está sendo escrita. A segunda parte do espetáculo está em fase de produção e ainda não há data prevista para a estréia. A declaração foi dada durante a cerimônia que empossou o músico como novo chanceler da Universidade John Moores, em Liverpool, na Inglaterra.

“We Will Rock You” foi escrito por Ben Elton em parceria com Brian May e o baterista Roger Taylor. O espetáculo estreou no Dominion Theatre, em Londres, em 2002. Desde então o musical está em cartaz e sempre com o local lotado. Confira a resenha sobre o musical “We Will Rock You” que o Território da Música publicou.

Além dos compromissos com a Universidade e com a produção do novo musical, May está em processo de composição de um novo álbum de estúdio do Queen, o primeiro a trazer Paul Rodgers no vocal. A previsão é que o disco seja lançado em setembro. Duas semanas antes do álbum chegar às lojas o grupo dará início a uma extensa turnê mundial. (Fonte: Rock Online)




Líder do Therion anuncia saída de integrantes: Que o guitarrista Christopher Johnsson sempre foi o ‘dono’ do Therion todo mundo sempre soube. Mas desde que os irmãos Niemann entraram para o grupo, parecia que o Therion tinha deixado de ser uma ‘banda de um homem só’. Mas era só impressão.

O líder Johnsson emitiu um comunicado informando que os integrantes permanentes saíram do Therion e a partir de agora o guitarrista irá procurar novos membros para uma nova formação do grupo. O motivo alegado foi o padrão: “diferenças musicais”. Os membros permanentes eram Kristian Niemann (guitarra), Johan Niemann (baixo) e Peter Karlsson ( bateria), além do próprio Johnsson.

“Os quatro membros permanentes da banda tiveram algumas discussões e ficou claro que nós tínhamos diferentes objetivos e visões para o futuro”, declarou o guitarrista em nota. “Nós continuamos amigos, ninguém está desapontado e ainda há trabalho a fazermos juntos em termos de edição do material que foi gravado para futuros DVDs”.

Christopher Johnsson ainda não anunciou nenhum integrante para a nova encarnação do Therion. (Fonte: Rock Online)





Testament disponibiliza novas músicas na internet: “The Formation of Damnation” é o nome do novo álbum de um dos ícones do Thrash Metal, o Testament. O lançamento oficial na América do Norte está agendado para o próximo dia 29, via Nuclear Blast. Na Europa o disco chega antes, dia 25.

O grupo já disponibilizou as novas músicas na página oficial no MySpace. O endereço é www.myspace.com/testamentlegions. O álbum traz 11 faixas que foram gravadas em Berkeley, na Califórnia, no Fantasy Studios, com a produção de Andy Sneap (Nevermore, Exodus, Arch Enemy). (Fonte: Rock Online)




Megadeth no Brasil: Curitiba e Goiânia também receberão a banda: Foram divulgadas novas datas da turnê do Megadeth pela América do Sul e além dos dois shows já anunciados no Brasil, o grupo fará outras duas apresentações.

A banda está em turnê divulgando mais recente álbum, “United Abominations” e volta ao país para shows em Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro e Goiânia. Na capital do Paraná a apresentação será no dia 04 de junho, no Hellooch. Dia 06 o show será no Credicard Hall, em São Paulo. No Rio de Janeiro Mustaine e cia. se apresentarão no dia 07, no palco do Citibank Hall. Encerrando a nova turnê no país a banda tocará no Clube Jaó 9, em Goiânia.

Em São Paulo os ingressos custarão entre R$ 80,00 e R$ 200,00, e no Rio entre R$ 110,00 e R$ 200,00. Nas duas capitais os ingressos começam a ser vendidos no dia 24. Já em Curitiba e Goiânia ainda não foram divulgados os detalhes.

A nova turnê do Megadeth pelo continente também passará pela Venezuela, Argentina, Peru e Equador. (Fonte: Rock Online)

sábado, 19 de abril de 2008

Entrevista: Shadowside

O Shadowside é uma das bandas brasileiras mais globalizadas do momento. O grupo colhe grandes frutos desde 2005, ano do lançamento de seu debut. Entre eles, está a última turnê que rolou nos EUA na qual o sucesso e a força do grupo ficaram mais do que demonstrados.

Ainda esse ano o Shadowside volta à terra do nosso querido George Bush para participar
de um dos maiores festivais de rock do mundo, o Rocklahoma, além de outros eventos.

Recentemente, a banda (atualmente formada por: Dani Nolden -vocal-, Raphael Mattos -guitarra-, Fernando Peto -baixo-, Fabio Buitvidas -bateria-) se disponibilizou para dar entrevistas a veículos de mídia de todo o mundo. O ARISE! não poderia ficar de fora...

Introdução por Artur Henriques e Wesley Rodrigues
Entrevista por Artur Henriques, Carlos Gonçalves, Leonardo Coutinho e Wesley Rodrigues
Fotos cedidas pela própria banda


ARISE! O álbum Theatre of Shadows foi lançado em 2005. Explique como tem sido sua repercussão no Brasil e mundo afora.

Dani Nolden: A melhor possível! Algumas semanas antes do lançamento do disco, nós não tínhamos expectativas, apenas a esperança de que as pessoas que nos conheciam gostariam tanto do resultado final quanto nós gostamos, mas não poderíamos imaginar na dimensão que a coisa tomaria. As críticas foram incríveis e continuam sendo, a repercussão foi enorme e nosso nome acabou sendo espalhado pela Internet de tal forma que as coisas aconteceram rapidamente em um espaço muito curto de tempo. Apesar de já ser um lançamento relativamente antigo e ter sido gravado há quatro anos, ele ainda chama a atenção e não há recompensa melhor do que essa. Nós temos muito a agradecer a todos os fãs, afinal nada aconteceria sem eles e a todos que têm nos apoiado desde o início. Nós estamos extremamente felizes com tudo que o Theatre of Shadows nos trouxe e isso nos deu ainda mais energia para escrever o novo material.

ARISE! O Shadowside lançou o Theatre of Shadows aqui no Brasil pelo selo Seven Music (ligado à Universal Music). Como você avalia o resultado dessa parceria? E em relação a Chavis Records?

Dani Nolden: A parceria com a Seven / Universal Music nos abriu muitas portas e nos ajudou a chegar onde precisávamos naquele momento. O trabalho rendeu bons frutos e agora mudamos de gravadora no Brasil simplesmente por causa de uma proposta melhor da LCM, que é ligada a EMI e a SkyBlue. No exterior, estamos trabalhando com a Chavis Records e estamos extremamente satisfeitos com o que eles estão fazendo. É uma gravadora que faz o que a maioria não faz mais pelos artistas, eles buscam acordos de endorsement, marcam shows e buscam agentes em locais que eles não atingem, agem como um segundo management. Isso surpreendeu até mesmo nosso produtor Dave Schiffman, que disse que nenhuma gravadora faz isso atualmente. Eles realmente acreditam nos artistas que contratam, então a escolha óbvia foi continuar trabalhando com eles no próximo álbum.

Dani Nolden

ARISE! Como surgiu a oportunidade que permitiu à banda ir em turnê aos EUA?

Dani Nolden: Foi a Chavis Records quem fez isso acontecer, mas como não sabíamos qual seria a reação do público, decidimos fazer uma turnê relativamente curta, de um mês, para testar o mercado e ver como seríamos recebidos. O presidente da gravadora, Bill, esteve em um de nossos shows em Las Vegas e ficou muito contente com o que viu e nós ficamos surpresos e satisfeitos com o público durante toda a turnê. Foi maravilhoso ver pessoas cantando as músicas do Theatre e até mesmo do novo álbum, nós tocamos algumas músicas que estarão presentes no CD e depois de escutar o primeiro refrão, eles cantavam o segundo, foi muito divertido interagir com eles dessa forma. Tudo isso nos convenceu a fazer mais alguns shows e recebemos o convite para festivais importantes, como o Flight of the Valkyries, que teve a Doro como headliner no ano passado e este ano, seremos co-headliners ao lado dos canadenses do Unexpect, e o Rocklahoma, que é um dos maiores festivais de Rock do Mundo, talvez o maior, eles tiveram um público de mais de 100.000 pessoas no ano passado.

Raphael Mattos

ARISE! Que diferença você pode notar entre o público norte-americano e o brasileiro e qual é a perspectiva da banda em relação aos EUA levando em conta que é um mercado mais fechado para o Heavy Metal tradicional?

Dani Nolden: Bem, todos eles entendem todas as letras por lá, então não dá pra esconder erros! (risos). Aqui, a maioria dos fãs sabe do que estamos falando porque já leram as letras, mas em um show de abertura, muitos não sabem sobre o que você está cantando, o que torna tudo apenas sobre a música e a performance, mas lá a letra é algo extremamente importante e muitos deles vêm conversar sobre os temas após os shows, isso é algo interessante porque não estávamos acostumados a fazer. O público brasileiro grita muito, é apaixonado, mas o americano também reage de forma intensa quando ele conhece a banda. Quando não conhece, ele fica quieto e observa todo o show, mas se gostar, aplaude e depois te fala que gostou, compra o CD. O brasileiro quando gosta, demonstra rapidamente. Mas enquanto todos pensam que é um mercado fechado, como nós mesmos pensávamos, o Heavy Metal tem um público grande nos Estados Unidos e ansioso por shows.

Ultimamente, todas as bandas americanas querem ser o Pantera ou o Lamb of God. Pessoalmente, não tenho um problema com isso, mas muitas pessoas estão cansadas de tantos grupos soarem iguais, mais ou menos como acabou acontecendo com o Power Metal, poucas bandas se sobressaem porque a maioria soa igual. Isso gerou uma demanda enorme por bandas não necessariamente tradicionais, mas que tenham melodia aliada a peso, sem perder a energia e nós entramos exatamente aí. Nós imaginamos que seríamos exatamente como quase todas as bandas brasileiras, pensamos que nosso mercado era principalmente a Europa e o Japão, mas apesar de alguns países europeus e latino-americanos terem abraçado nossa música primeiro, como Portugal, Espanha, México e Argentina, os Estados Unidos abriram as portas para nós de uma forma que nunca aconteceu para uma banda de Hard Rock / Power Metal no Brasil. Isso abriu diversos mercados para nós, além de fazer os países que já nos observavam como os que citei antes prestarem ainda mais atenção a nós e nos darem muito mais espaço. Desde o lançamento do Theatre of Shadows na América do Norte, nós crescemos muito por lá e tentaremos ir o mais longe possível. A mídia mainstream norte-americana tentou acabar com o Heavy Metal e dizer que ele está morto, mas os fãs, não apenas nossos, mas do estilo, estão presentes para provar que ele está mais vivo que nunca.

Fernando Peto

ARISE! Nos shows, você acha que o público reage de forma diferente por você ser uma mulher?

Dani Nolden: Bem, é difícil responder a isso, porque eu nunca fui um homem para saber se me tratariam diferente (risos). Mas eu não acredito que a reação é diferente. Acho que é tudo sobre a música e a reação independe de sexo, depende de carisma, talento e dedicação.

Fabio Buitvidas

ARISE! Quais foram os motivos da saída do baixista Lucas De Santis e dos guitarristas Rick Slater e Bill Shadow? E como a banda chegou aos seus novos integrantes, Raphael Mattos (guitarra) e Fernando Peto (baixo)?

Dani Nolden: Bill simplesmente se cansou de trabalhar com música profissionalmente. Ele ainda é meu amigo, faz tempo que não conversamos mas foi uma separação completamente sem traumas. Ele seguiu o caminho dele, o que ele acredita que é melhor para ele e isso é a única coisa que importa. Muitas pessoas pensam que música é apenas diversão e apesar de ser muito divertido, também tem muito trabalho duro envolvido, muito estresse em turnês e gravações, afinal sempre acontece algum problema e ele não queria isso para a vida dele. Talvez algum dia ele vai decidir voltar para a música e se decidir, ele terá todo nosso apoio.

Ricky sempre foi uma incógnita para mim, ele sempre foi divertido, era legal estar no palco com ele, compor com ele, mas ele é muito reservado, ninguém sabia o que ele estava pensando. Esse foi um dos problemas, nós não sabíamos o que se passava na cabeça dele e isso gerou algumas discussões, é como estar em um relacionamento e não falar o que está incomodando, eventualmente aquilo vai se tornar maior e você vai deixar seu parceiro pensando que um problema é grande quando não é, se vocês tivessem apenas conversado sobre o assunto, tudo seria resolvido facilmente. Essa falta de comunicação junto com algumas diferenças sobre o rumo que a banda deveria tomar tornaram essa separação inevitável. Não tenho mágoas dele, mas nossas diferenças de personalidade ficaram ainda mais evidentes depois de tudo isso, porque nem voltamos a conversar, infelizmente. Não porque nos odiamos, ou algo assim, mas parece que nunca tivemos nada em comum. Porém se ele me procurasse ou se nós encontrássemos na rua, eu adoraria conversar com ele, ele foi importante para a banda e sempre rimos muito juntos. O único que saiu de forma diferente foi Lucas, que simplesmente deixou muito claro que não tinha a menor intenção de levar música a sério. Três semanas antes de um show, ele simplesmente sumiu e tivemos que encontrar um baixista substituto, felizmente conhecemos o Edu Simões (atual baixista da Metal Jam), que fez o show extremamente bem e não ficamos com ele na banda apenas porque ele já tinha compromissos com a banda de um amigo nosso. Se soubéssemos desde o início que as coisas seriam assim, ele não teria sido o escolhido para entrar na banda. Nós queremos um grupo firme, que esteja olhando sempre na mesma direção e é o que está acontecendo agora. Fernando veio por uma indicação de um amigo em comum e decidimos conhecê-lo tanto como pessoa quanto como músico. Ficamos impressionados logo de início com o talento dele e decidimos passar algum tempo tocando juntos para ver se nossas personalidades seriam compatíveis, afinal depois de todos esses problemas, não queríamos ter outra surpresa. Ele demonstrou ser exatamente o que precisávamos, hoje nós temos um baixista extremamente seguro e competente, além de ser uma boa pessoa, que é responsável, mas entende e tem o espírito de Rock e Metal. Raphael já era um conhecido de muitos anos, não nos conhecíamos bem, mas Bill já era amigo dele, então quando saiu, ele mesmo o indicou. Ele caiu como uma luva na banda, é técnico, mas tem uma pegada impressionante, uma presença de palco muito forte e é completamente maluco, então combina com todos nós (risos). Temos um time incrível, com uma química excelente e somos muito abertos um com o outro. Fábio e eu aprendemos muito com tudo que tivemos que passar desde o início das gravações do Theatre of Shadows, então sabemos bem como manter o grupo unido e sem brigas. Se algo acontecer no futuro, o que eu espero que não aconteça, será apenas caso alguém decida seguir por outro rumo musical. Claro que não podemos prever o que vai acontecer, mas não nos vejo tendo discussões sérias simplesmente, porque somos muito sinceros um com o outro e nos respeitamos muito.

ARISE! Comente um fato marcante nesse tempo de convívio da banda.

Dani Nolden: Acho que nada é mais marcante que as bobagens que são feitas... como durante uma das viagens da turnê americana, paramos para tomar um café na estrada e Fábio colocou o copo na porta da van. Acho que ele estava com tanta fome que fechou a porta, esquecendo que o café estava lá e espirrou café no carro todo. Não satisfeito com isso, ele abriu a porta, limpou tudo e fechou a porta de novo, repetindo o ciclo...(risos). Acho que nunca vou esquecer isso! Em relação a coisas sérias, foi maravilhoso, alguns dias após nosso retorno ao Brasil, ler um e-mail novamente do Fábio, perguntando quando teríamos mais shows, porque ele já estava com saudades de todos nós. Esse tipo de coisa não tem preço, a amizade que é construída, apesar de todas as dificuldades que existem no trabalho em grupo, é provavelmente a coisa mais preciosa que você pode ter como resultado de formar uma banda.

ARISE! Como foi a experiência de trabalhar com o produtor Dave Schiffman (System of a Down, Red Hot Chilli Peppers, Audioslave, Avenges Sevenfold e outros)?

Dani Nolden: Ele é muito competente. Não existe outra palavra para definir melhor o trabalho do Dave, isso já era óbvio antes mesmo de começar o trabalho, afinal a lista de artistas com quem ele já trabalhou é enorme e impressionante. Ele é perfeccionista, mas também muito preocupado em manter a energia do Rock. Desde o início, ele respeitou as características da banda, nós falamos que queríamos manter as melodies marcantes, o peso, a intensidade e ele extraiu de nós todo nosso melhor, o que nos ajudou a alcançar exatamente o que estávamos procurando. Ele é muito tranqüilo, procurou sempre deixar a banda confortável e sempre soube o que fazer para nos levar até nosso máximo no momento. O disco já está mixado e está sendo masterizado neste momento por Howie Weinberg, que já trabalhou com Aerosmith, Sepultura, Slayer, Metallica, Rammstein, entre muitos outros. Isso tudo tornou nosso trabalho muito mais fácil, afinal tivemos a certeza de que nossas idéias estão fielmente reproduzidas nesse álbum. Não tivemos limitações em relação ao que queríamos criar e acredito que as novas músicas chocarão muitas pessoas, de uma forma positiva. A banda amadureceu muito desde o Theatre of Shadows e estamos ainda mais ousados, tiramos tudo que não nos representava e fizemos um disco 100% Shadowside. Levamos o que já fazíamos ao extremo, com algumas partes ainda mais pesadas e algumas outras mais melódicas, já que todos já sabiam que eu sabia gritar, mas ninguém sabia que eu sabia cantar (risos). Fiz alguns gritos ainda mais agressivos, junto com riffs de guitarra violentos, mas algumas músicas e partes virão como uma surpresa enorme para muitos que nunca nos viram assim e nossos fãs ouvirão uma forma de minha voz que nunca ouviram antes, algo bem mais suave, mas não delicado demais. Porém também temos o que as pessoas gostavam antes, então acredito que é um material muito interessante tanto para nossos atuais fãs quanto para os novos.



ARISE! Vocês se dedicam integralmente à banda ou possuem empregos paralelos?

Dani Nolden: Todos nós somos músicos em tempo integral. Seria impossível ter um emprego comum e sair em turnê por três ou quatro meses, como faremos no meio do ano, já que estaremos nos Estados Unidos durante Julho e Agosto, na Europa em Setembro, e na América do Sul/Brasil a partir de Outubro. Quando temos tempo livre, entre gravações ou turnês da banda, fazemos outras coisas ligadas à música, como produções e shows com outras bandas. Eu estou começando a me envolver com desenvolvimento de bandas novas. Nós não sabemos fazer outra coisa, então não temos escolha, somos músicos ou morremos de fome (risos).



ARISE! Deixem um recado para os leitores do Arise!

Dani Nolden: Bem, eu espero que vocês tenham dores no pescoço por balançar demais a cabeça ouvindo Shadowside (risos)! As meninas talvez podem pedir uma massagem aos outros membros...(mais risos). Agradecemos ao Arise! pelo espaço e apoio e a todos os fãs pelo carinho e apoio durante toda nossa até agora curta, mas muito agitada carreira. Nos vemos em breve!

********


Shadowside:

Site – http://www.shadowside.ws/
MySpace – http://www.myspace.com/shadowsideband
Perfil no Orkut - http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=16762492068105401106
Comunidade no Orkut - http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=370515