quinta-feira, 18 de julho de 2019

Notícias: ANIE, Necrobiotic, Laion Roberto, Föxx Salema, King Bird, Richie Ramone, Sem Futuro, SuperSonic Brewer e Michelly

ANIE: dupla apresenta show no shopping Morumbi em SP neste sábado com participação de Alírio Netto
 
 
 A banda ANIE, dos músicos Junior Carelli (teclados e vocal) e Fernando Quesada (violão e vocal), irá se apresentar neste sábado, dia 20 de julho, em São Paulo, no Morumbi Shopping. O evento também conta com a participação do ator e cantor Alírio Netto, vocalista do Queen Extravaganza, tributo oficial do Queen (produzido por Roger Taylor e Brian May), além de Gus Nascimento e Vitor Fernandes (Zimbra). A entrada é gratuita e acontece na Atrium, dentro da exposição Rock Festival no shopping.

O evento Rock Festival promove o mês do Rock entre os dias 1º a 28 de julho. Realizado em parceria com a School of Rock – primeira escola do gênero no Brasil e que inclusive inspirou o filme de mesmo nome estrelado por Jack Black – a atividade proporcionará diversas experiências do mundo do rock em um espaço completo para a família interagir e conhecer o estilo musical.
 
 
Recentemente, a banda ANIE lançou o vídeo com as músicas “Por Medo”, “Restos de Você” e “Escolhas”. Gravado no Estúdio Som Livre, o vídeo conta com uma performance dos músicos Junior Carelli e Fernando Quesada de uma apresentação inédita com três músicas muito especiais. Este lançamento é uma iniciativa do Estúdio Som Livre e do programa Acoustic Lab. “É a primeira vez que o ANIE compõe músicas em português e estamos muito felizes e honrados de representar o nosso país também dessa maneira”, disse Fernando Quesada.

Assista o vídeo: https://youtu.be/IWBYZdAjmjo

Um novo som, um novo conceito em música acústica, as músicas inéditas buscam uma sonoridade diferente com piano, violão de 12 cordas, percussão, vozes e letras que vão conversar com você. A história do ANIE começou fora do Brasil, quando em uma turnê com outro projeto pelos EUA, a dupla conheceu uma gravadora, que buscava um som acústico, se interessou em ouvir as composições e decidiu lançar como um projeto internacional.

Na banda todas as músicas são tocadas com piano, violão de 12 cordas e 2 vozes, fazendo com que seja um clima intimista e autêntico nas execuções. Toda a produção do áudio e vídeo da ANIE, além da composição e arranjo, é realizada por Junior Carelli e Fernando Quesada, mostrando mais uma grande produção dentro do mercado independente a todo o momento.

Mais informações:
https://www.facebook.com/anieband/
 
Fonte: TRM Press
 
Necrobiotic: banda anuncia segunda turnê pela Europa
 
 
A banda mineira de death metal Necrobiotic, acaba de anunciar a realização de sua segunda tour europeia, a “Symphonies for the Atheist Over Europe” pela produtora brasileira de booking Songs For Satan. Nessa segunda passagem pelo velho continente a banda terá como companhia outro grande nome do death metal nacional, a banda sorocabana Warshipper, que juntas percorrerão cinco países diferentes; da Europa Oriental ao leste, passando por países como Alemanha, Holanda, Bélgica, República Tcheca e Eslováquia.

O grupo embarca para a tour “Symphonies for the Atheist Over Europe” logo após o show de lançamento do 4º álbum de estúdio “Symphonies for the Mentally Deceased”, que ocorre na Matriz Casa Cultural em Belo Horizonte/MG, no “Songs For Satan Fest II” dia 17 de agosto de 2019. O início da turnê está marcado para o dia 19/09 em Berlim (Alemanha).

O álbum “Symphonies for the Mentally Deceased” foi gravado no Riff Studios, com mixagem e masterização feitas por Manfred Savassi. A produção é por conta de Flávio Oliveira e apresentará 09 sons, incluindo uma faixa instrumental e uma faixa bônus, o álbum será disponibilizado na versão CD pela Songs For Satan e em Vinil pelas gravadoras Songs For Satan, Impaled Records, Hellnoise Produções & Kingdom of Darkness, com previsão de lançamento para o mês de setembro deste ano de 2019. A concepção gráfica ficou a cargo dos artistas gráficos Thiago Penna (Ilustração) e Felipe Brasil (Design).

Atualmente a composição do Necrobiotic é: F.A.C.O (guitarra e vocal), Evandro Franco (bateria), Rafao Reis (baixo) e Cesar Pessoa (guitarra).

Confira as datas da “Symphonies for the Atheist Over Europe” na Europa:
19/09 - Berlin/Ger@Tommyhaus
20/09 - Hamburg/Ger@BambiGalore
21/09 - Utrech/Hol@DBs Big Ass Metal Fest
22/09 - Fontaine-l'Eveque/Bel@MPC Apache
25/09 - Cologne/Ger@Halle am Rhein
26/09 - Augsburg/Ger@Ballonfabrik
27/09 - Ger/Aus/Czech OPEN DATE
28/09 - Nitra/SLK@Frankie Rock Club
29/09 - Pisek/CZE@Restaurace Papirak

Sites Relacionados:
www.facebook.com/Necrobiotic/
www.facebook.com/songsforsatan/

Assessoria de Imprensa:
www.cangacorockcomunicacoes.com/
www.facebook.com/cangacorockcomunicacoes/
www.instagram.com/cangacorockcomunicacoesbr/

Fonte: Cangaço Rock Comunicações 
 
Laion Roberto: guitarrista lança seu segundo single e vídeo intitulado “Ego is a too Much Thing”
 
 
 
O guitarrista alagoano Laion Roberto, radicado em São Paulo, lança através de áudio em todas as plataformas digitais e em vídeo seu segundo single parte integrante do EP “A Taste for Mojo”. O trabalho é focado em Jazz/Rock e Rock Instrumental.

Assista o segundo videoclipe:
 
 
O single foi lançado em todas as plataformas digitais (Spotify, Deezer, Itunes etc.) e é intitulado de “Ego is a Too Much Thing”. “Penso no título como ‘O ego é algo além da conta’ para questionar toda essa busca pelo prazer de admirar exageradamente a si mesmo. Afinal, estamos na era do ‘parecer’ e do ‘tudo ao mesmo tempo agora’. Mas você está preparado para lidar consigo mesmo? Sério? (risos)”, disse Laion Roberto.

A capa do single é sobre o livro “O estranho caso de Dr. Jekyll and Mr. Hyde (O Médico e o Monstro)”, de Robert Louis Stevenson. Nele existe o importante confronto interno entre o bem e o mal que reside em cada ser humano.

A produção, arranjos e teclas do trabalho contou com Junior Carelli (Banda Anie). Outros grandes músicos que também participaram do projeto foram Lucas Macedo (Sax alto/tenor), Marcus Dotta (Bateria) e Fábio Carito (Baixo). A ilustração foi feita pelo grande ilustrador alagoano Cristiano Suarez. A autoria da música é de Laion Roberto.

A produção audiovisual ficou por conta da Foggy Filmes – do pianista e tecladista da banda Anie, Junior Carelli – produtora responsável pela gravação de vários artistas como Mike Orlando, Edu Falaschie, Noturnall e muitos outros.

Laion Roberto – Line-up:
Laion Roberto (guitarras)
Fábio Carito (baixo)
Junior Carelli (teclados)
Marcus Dotta (bateria)
Lucas Macedo (tenor e alto sax)
Ailton Rios (harmonica)

Links relacionados:
https://www.facebook.com/laionroberto1/
https://sptfy.com/d1TC
 
Fonte: TRM Press
 
FÖXX SALEMA: Confira vídeo de tributo acústico a Andre Matos

 
A cantora/musicista FÖXX SALEMA, que no momento está divulgando o recém-lançado álbum “Rebel Hearts”, participou de um festival em homenagem ao vocalista André Matos (Viper, Angra, Shaman) na cidade e Belo Horizonte/MG, onde, ao lado de diversos músicos, interpretou vários clássicos da carreira do músico em formato acústico. Enquanto o álbum recebe diversos elogios e ao mesmo tempo lida com o preconceito contra a causa LGBTQ+ e engajamento de esquerda, o trabalho continua. Em relação ao tributo a Andre Matos, a vocalista comentou sobre a excelente receptividade: “Foi ótima, mesmo eu cantando doente e sem ensaio, a reação das pessoas foi excelente! A maioria ali nunca tinha me ouvido cantar e mesmo as que me conheciam, devido à distância de onde eu morava, nunca tinham ido a algum show meu. O público gritou pelo meu nome, cantou junto, assoviou, aplaudiu e vibrou durante toda apresentação. Tudo isso está registrado em vídeo, foi um momento de energia muito positiva, porém realizado infelizmente devido a essa grande perda.”.

Assista ao tributo: 


Já se passou mais de um mês que André Matos faleceu e parece que a ficha ainda não caiu para a maioria dos fãs e dos músicos que trabalharam com ele. Músico completo, ele sempre será uma importante influência para diversos músicos, dos mais variados estilos. FÖXX conta como conheceu seu trabalho: “Eu ouvi o André a primeira vez no álbum “Theatre of Fate”, mas já era o ano de 1991. Eu, que já cantava, comecei a atender ao pedido de pessoas que gostavam de me ouvir interpretando a música “Living for the Night” e a partir dali, tendo ciência de que minha tessitura vocal era similar à dele, comecei a ser influenciada pelo seu trabalho. Isso se reforçou após o lançamento do álbum “Angels Cry”, o qual eu o vi e ouvi pela primeira vez ao vivo no Monsters of Rock de 1994 e depois se consolidou totalmente com o álbum “Holy Land”, o meu favorito do Angra. Em 1997 eu entrei numa banda autoral mineira de Metal Melódico chamada 7th Key, e dentre os poucos covers que a gente tocava, estava a música “Make Believe”."

FÖXX conta, que apesar de não ter uma formação erudita como ele, já foi solista em um coral de sua cidade natal, Bragança Paulista (SP), e devido às composições de Andre, sempre gostou dessa fusão entre o Heavy Metal e a música clássica. As influências podem ser sentidas em “Rebel Hearts”: “Muitas pessoas estão elogiando o meu primeiro álbum autoral e comparando com o Viper, o que pra mim é gratificante, ainda mais se levarmos em conta que as músicas são minhas e foram feitas sem uma formação fixa de banda. Eu tenho bastante orgulho, por exemplo, de ter composto e principalmente cantado sozinha todas as linhas de voz: principal, backing vocals e coral. A influência do André Matos sobre a minha arte é nítida e eu acredito que isso nunca me deixará, mesmo com o falecimento dele. Inclusive a minha admiração por ele em termos pessoais cresceu ainda mais após saber que o mesmo era também, ateu e de esquerda.”.

Ouça o álbum no Spotify:
https://spoti.fi/2KVPs4S

Como já foi noticiado, logo que o CD foi lançado, páginas e pessoas ligadas a rádios e sites brasileiros mostraram que há muito preconceito em relação não só às pessoas transgêneras, mas também mostraram que a polarização política tem afetado também a cena musical. Lidar com isso tem sido uma tarefa complicada. A vocalista desabafa: “Tem sido deveras estressante, E o ponto nem é tanto o fato de não me divulgarem mais ou o boicote "grupal" a mim, como eu sempre frisei quando questionada: ninguém tem a obrigação de tocar o meu álbum. O grande problema é a hipocrisia e prepotência direcionadas a mim, em comentários e mensagens hostis com ameaças e ofensas de cunho transfóbico. Estão rolando publicações caluniosas e difamatórias, montagens pífias com fotos minhas e ataques a minha página e até mesmo ao meu perfil pessoal (que foi derrubado, mas está novamente no ar) e também o do meu estimado marido. Tudo isso cometido por extremistas cristãos e apoiadores do Bolsonaro e do Governo atual, que vivem unicamente de destilarem ódio, fake news e separatismo, sob a falsa e covarde bandeira “do patriotismo e da moral e dos bons costumes”. O que a meu ver é lamentável, pra se dizer o mínimo e só mostra toda falta de ética e profissionalismo por parte desses indivíduos.”.

Paralelo a isso, a banda está sem guitarrista. A busca por um integrante está em andamento, mas FÖXX teme que a tarefa demore mais do que o esperado, justamente por toda esta onda de ataques virtuais: “Eu sinto que as pessoas estão com receio de integrarem a minha banda, por medo de tudo isso que está me acontecendo, e olha que não há custo com ensaios para integrantes. Eu até entendo um pouco o lado delas, afinal, não basta apenas tocar bem para recriar o que existe, também tem de ser alguém que no mínimo seja de esquerda e que tenha principalmente coragem pra enfrentar de cabeça erguida as adversidades que nos estão sendo impostas. Atualmente existem pessoas que se dispuseram a realizarem um teste para vaga, seja como for, a procura no momento ainda continua.”.

Para se candidatar ao posto de guitarrista, basta entrar em contato pela página da banda ou pelo e-mail da assessoria: wargodspress@gmail.com. Dentre os pré-requisitos, é necessário que os interessados cantem os backing vocals, deem ênfase na fidelidade dos arranjos e solos, sejam maiores de idade e emancipados judicialmente. O repertório é focado principalmente nas músicas autorais, com a adição de eventuais covers. Os testes e posteriores ensaios ocorrerão em um estúdio na cidade de Belo Horizonte/MG e não terão custos para os integrantes.

Contatos:
Site: www.foxxsalemaband.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/foxxsalema78
Youtube: www.youtube.com/user/FoxxSalema
Instagram: www.instagram.com/foxxsalema
Twitter: www.twitter.com/foxxsalema
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br 
 
Fonte: Maicon Leite - Wargods Press
 
King Bird: sucessor de 'Got Newz' será lançado na Europa
 
 
O King Bird alterou os planos iniciais de soltar singles individuais e revela que o sucessor de "Got Newz", quarto 'full-length' da carreira, está em fase de composição e será lançado no segundo semestre de 2020. "Estamos muito felizes em anunciar o mais alto voo do pássaro. Fechamos uma parceria com o selo dinamarquês Lions Pride Music e já estamos trabalhando forte na composição do novo álbum, que levará o título de 'Flying High'", revelou o baterista Marcelo Ladwig. "Nesse período, além de seguir compondo, continuamos fazendo shows e a próxima parada é o festival 'River Rock', que será realizado em Indaial (SC) em setembro", acrescentou o guitarrista Silvio Lopes.

Confira o vídeo ao vivo da faixa "Daybreak", gravado no SESC Belenzinho (SP) no lançamento oficial de "Got Newz": https://www.youtube.com/watch?v=LvOtSy7p_0U

Veja o vídeo ao vivo de "Daybreak" em https://youtu.be/LvOtSy7p_0U

A formação atual, com Ton Cremon (vocal), Silvio Lopes (guitarra), Fábio Cesar (baixo) e Marcelo Ladwig (bateria), lançou "Got Newz" em maio de 2016. "Na época, a ideia era mostrar que a banda se renovou novamente. Novo vocalista e aquela mesma sonoridade setentista com uma roupagem do Século 21. Agora, porém, estamos muito mais entrosados e o nosso quarto álbum, 'Flying High', irá mostrar não só que a nossa personalidade musical foi mantida, mas que teremos algumas surpresas", adiantou Lopes. "Estamos seguindo na mesma linha de composições do 'Got Newz', mantendo a veia hard e também trazendo um pouco mais de peso", concluiu o vocalista Ton Cremon.

Ouça "Got Newz" no Spotify em  https://is.gd/Psj4ra

Discografia:
"The Gods' Train" (EP, 2003)
"Jaywalker" (2005)
"Sunshine" (2008)
"Beyond The Rainbow" (EP, 2012)
"Got Newz" (2016)
"Supernaut" (Sabbath Brazil Sabbath – Black Sabbath Tribute, 2018)
"Money Talks" (For Those About to Brazil – AC/DC Tribute, 2018)

Formação:
Ton Cremon (vocal e guitarra)
Silvio Lopes (guitarra)
Fábio Cesar (baixo)
Marcelo Ladwig (bateria)

Sites relacionados:
http://www.kingbird.com.br
https://www.instagram.com/kingbirdofficial/
https://www.facebook.com/KingBirdBand/
https://www.riverrock.com.br/

Contato para shows: shows@kingbird.com.br
 
Fonte: Ricardo Batalha - ASE Music
www.asepress.com.br/music 
 
Ramones: Richie Ramone toca dia 21 de julho no Manifesto
 
 
Richie Ramone, lendário baterista e vocalista que substituiu Marky Ramone nos Ramones em 1983 e estreou na turnê de "Subterranean Jungle", voltará ao Brasil para uma nova turnê, que passará por São Paulo o dia 21 de julho (domingo), a partir das 18h, no Manifesto Bar. Os ingressos online estão à venda pela Ticket Brasil em https://is.gd/oHYAfP.

O músico, que lançou no final do ano passado o livro "I Know Better Now" (Backbeat Books), gravou os álbuns "Too Tough to Die" (1984), "Animal Boy" (1986) e "Halfway to Sanity" (1987). É dele a autoria da clássica "Somebody Put Something in My Drink", em que trata sobre um incidente pessoal, quando ingeriu LSD com bebida e ficou internado por duas semanas. Porém, ele não sabia o que estava ingerindo, já que quando saía junto com a filha de Frankie Valli, do Four Seasons, costumava tomar as bebidas de pessoas que ficavam nas mesas ao lado no momento em que estavam na pista, dançando. Depois disso, nenhuma lata ou garrafa disponível no camarim dos Ramones ficava aberta.

Richie, que também registrou vocais em algumas faixas dos Ramones, esteve com a banda na primeira, e conturbada, passagem pelo Brasil, quando tocaram no extinto Palace nos dias 31 de janeiro e 1º de fevereiro de 1987. Meses depois, em 12 de agosto, ele fez seu último show como integrante do grupo, no Clube Jag, em East Hampton. Em 2011, quando o Ramones recebeu o prêmio Grammy de "Lifetime Achievement", em Los Angeles, os bateristas Tommy, Marky e Richie estiveram juntos.

Serviço - Richie Ramone:
Data: 21 de julho (domingo)
Abertura da casa: 18h
Local: Manifesto Bar
Ingressos pela Ticket Brasil em https://is.gd/oHYAfP ou no Manifesto Bar
Endereço: Rua Iguatemi, 36, Itaim Bibi, São Paulo/SP
Fone: (11) 2574-5256 | WhatsApp (11) 94747-5883
Cartões: Visa, Mastercard, Elo, American Express e Dinners
Débito: Visa Electron, Maestro, Rede Shop
Censura: 16 anos
Acesso a deficientes / ar condicionado
Wi-fi: a casa possui acesso a internet sem fio
Serviço de Vallet: R$20,00
E-mail: info@manifestobar.com.br
Site: www.manifestobar.com.br

Fonte: Ricardo Batalha - ASE Music
www.asepress.com.br/music 
 
Sem Futuro: clipe de “Violência Na Cidade” reúne imagens de apresentações históricas e marcantes da banda curitibana
 

O Sem Futuro é uma das principais bandas de Punk Rock da atualidade no Brasil, além de possuir uma obra incrível e totalmente disponibilizada nas plataformas digitais, onde facilmente é encontrado os dois fulls da banda. O grupo possuí em seu curriculum apresentações no maior festival de Punk do mundo, o Rebellion Festival que é realizado na Inglaterra.

Uma das músicas mais pedidas pelos fãs, é a faixa “Violência Na Cidade” do mais recente álbum, “Sempre Prontos Pro Que Der e Vier” (2018). E é justamente sobre essa música que iremos falar nessa matéria.

Recentemente o Sem Futuro disponibilizou o clipe oficial de “Violência Na Cidade” e as imagens presentes no vídeo, são de extrema importância para a banda curitibana. Com uma produção caseira, foi reunido imagens de várias apresentações da banda pela país, em sua cidade natal Curitiba e principalmente no festival “Rebellion Festival”. 
 


Para que você entenda essa compilação de imagens que está presente no videoclipe, o músico e vocalista da Sem Futuro, “Minhoca”, revelou todas as captações que foram reunidas para “Violência Na Cidade”.

“Nesse videoclipe contrastamos a intensidade que a própria música possuí, com imagens de shows importantes de nossa carreira. O primeiro são imagens do Rebellion, onde estou vestido de freira, na sequencia vem nossa despedida de Curitiba antes de nosso embarque para a Inglaterra, incluímos vídeos de um dos shows mais fodas que fizemos que foi no Gol Skate Day que foi feito no centro cívico de Curitiba e cantando e xingando os políticos que estão no poder de nosso estado e as imagens mais frenéticas desse vídeo, com certeza, são dos shows que fizemos em Bolton, através de convite da banda “The Papas Hangos” e literalmente quebramos tudo com esses caras. Enfim foi isso, um videoclipe que reúne momentos marcantes de apresentações que estão marcadas em cada um de nós”.

Formação:
Minhoca: Vocal
Felpas: Guitarra
Tiagonha: Guitarra
Evil Leire: Baixo
Lalau: Bateria

Mais informações:
Facebook: https://www.facebook.com/semfuturo77/
Instagram: https://www.instagram.com/semfuturo77/
YouTube: https://www.youtube.com/user/minhocabemloco
Roadie Metal Press: http://roadie-metal.com/press/sem-futuro/ 
 
Fonte: Gleison Junior (Assessor/Diretor)
Facebook Page Oficial: https://www.facebook.com/RoadieMetal/
Facebook Page Assessoria: https://www.facebook.com/roadiemetalassessoria/
Site: http://roadie-metal.com/ 
 
SuperSonic Brewer: apresenta primeiro single do novo álbum “In Blackness”
 

Devidamente apresentado o nome e tracklist, o novo disco do SuperSonic Brewer é aguardado com ansiedade por fãs e seguidores da banda. Em processo final de produção “In Blackness” está cada dia mais próximo de seu lançamento.

Após informar esses detalhes importantes, é chegada hora e apresentar o primeiro single que estará presente entre as 10 composições de “In Blackness”.

Lançada oficialmente em 2016 como um single isolado na carreira da banda, a faixa “Trapped In Na Hourglass”, será a música número oito do novo disco. E para alimentar um pouco a ânsia dos mais desesperados por novidades acerca do novo disco, você confere agora a faixa, em vídeo, pelo canal da banda. Aumenta o som que a pancada é forte!



Tracklist de “In Blackness”:
01 – Behind the Cross
02 – God is God and I Am I
03 – Lust For Blood AD
04 – Under the Dephts
05 – My Epithet
06 – Into the Black
07 – Sweet Serenity
08 – Trapped in na Hourglass
09 – Crawl Beyound Sorrow
10 – Reletless Blade

Formação:
Vinicius Durli: Vocal/Baixo
Rodrigo Fiorini: Guitarra
Jovani Fracasso: Guitarra
Felipe Carlesso: Guitarra
Evandro da Silva: Bateria

Mais informações:
Facebook: https://www.facebook.com/supersonicbrewer/
Instagram: https://www.instagram.com/supersonicbrewer/
Roadie Metal Press: http://roadie-metal.com/press/supersonic-brewer/

Fonte: Gleison Junior (Assessor/Diretor)
Facebook Page Oficial: https://www.facebook.com/RoadieMetal/
Facebook Page Assessoria: https://www.facebook.com/roadiemetalassessoria/
Site: http://roadie-metal.com/ 
 
MICHELLY: trabalhando em conjunto para a realização de um sonho
 

A MICHELLY é uma banda de Hard Rock de São Luís/MA, formada no final de 2018 por Lucas Silva (guitarra) e Dã Al Carneiro (vocal) juntos com os integrantes Dayvisoon Trindade (guitarra) Luís Eduardo (baixo) e João Victor Padilha (bateria). Com a formação fechada, iniciaram-se os trabalhos de concepção musical e visual calcados no Hard Rock dos anos 80, mas com um pé na atualidade. E foi justamente buscando influências naquela década de ouro que o quinteto modelou sua sonoridade: “Ainda muito jovens, sofríamos grande influência ao ouvir grandes bandas, como Guns ‘n’ Roses, Mötley Crue, bem como algumas que fizeram sucesso nos anos 70, como Led Zeppelin e Aerosmith. Diria que é algo que já está enraizado. A temática e sonoridade dessas bandas representam bem nossos pensamentos e sentimentos, então nossas músicas já nasceram com o estilo, mesmo que não o escolhêssemos.”.

São Luís não é apenas a capital do Maranhão, mas também de uma forte cena Rock/Metal. A MICHELLY está amplamente inserida neste meio, que nos últimos anos revelou bandas como JackDevil, Fúria Louca, School Thrash, Alchimist e tantos outros nomes. Para os integrantes, participar de tal movimento do som pesado maranhense é motivo de grande orgulho: “As bandas citadas nos influenciam muito, nos fazem acreditar que é possível fazer Rock num estado onde o estilo era tão escasso até um passado recente. Esperamos muito em breve fazer parte dessa cena que já é destaque nacionalmente com suas constantes revelações e, mais ainda, pretendemos assim como essas bandas levar o nome do Maranhão pra fora.”.

A banda foi formada há pouco mais de meio ano e já está com shows agendados, um EP lançado e o trabalho não para. Para lidar com tanto trabalho, é preciso de muita organização e vontade de crescer. Mas é preciso mais alguns ingredientes: “com certeza é necessário foco, unidade e trabalho duro, o segredo também é sempre acreditar que se pode fazer o melhor mesmo sem condições de fazer, acreditamos que qualquer um é capaz só é preciso fazer de verdade e esse trabalho é a tradução do esforço de todos os integrantes, cada um contribuindo da sua maneira para a realização de um sonho coletivo”. E seguindo a agenda de divulgação do EP, a banda tocará neste sábado, 20/07, no Fanzine Rock Bar em São Luis, em evento comemorativo ao Dia Mundial do Rock, ao lado das bandas Brutallian, Gallo Azhuu, SavageZ, Serial Killer e Velttenz, com início programado para as 18h.

Saiba mais:
https://www.facebook.com/events/1068877860168510/

O vocalista Dã Al Carneiro também faz parte do Alchimist (como baterista), que toca um som diferente do MICHELLY. Mas não é apenas Dã que tem jornada dupla: “Não é uma tarefa tão difícil, pois no Alchimist a função é de tocar bateria e na Michelly a outra metade de um prazer que se concretizar, ou seja, cantar. Tudo culmina em uma satisfação quase indescritível por serem estilos que amo, e desempenhando também papéis que amo. O guitarrista Dayvison Trindade toca em uma banda chamada Emídio. Nosso baterista já é velho conhecido da cena maranhense e compôs diversas bandas, em seu mais recente trabalho antes de se unir a nós foi com a banda Black Jack Romeo.”.

Atualmente a banda divulga sem recém-lançado primeiro EP, chamado “Freedom”, com cinco faixas (“Hey Baby”, “Master”, “Freedom”, “Fly Back to Home” e “Never End”). A gravação foi feita no Estúdio Garagem com produção de Dã Carneiro, enquanto a capa é uma arte criada pelo artista gráfico Eron Araújo e os vídeos foram criados por Dayisson Trindade. Foram poucos, mas intensos meses de trabalho, mas o resultado final é compensador. A banda explica alguns detalhes do processo: “trabalhar nas músicas foi uma grande surpresa, pois não acreditávamos que saberíamos compor. A maioria das músicas foi escrita por Dã Carneiro e Lucas Silva e foi incrível acompanhar esse processo de formação trecho por trecho. Encontramos dificuldade com algumas limitações e falta de experiência, tais como a pronuncia do inglês, e por sorte pudemos contar com nossos amigos Luciano Warren, Cássio Marcos e Kayla Sussana, aos quais nutrimos profunda gratidão.”.

Ouça “Freedom” no Spotify:
https://spoti.fi/2GgVIAc

Contatos:
Facebook: www.facebook.com/Michellyhardrock
Instagram: www.instagram.com/michellyhardrock
Twitter: www.twitter.com/michellyhard
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br
 
Fonte: Maicon Leite - Wargods Press

quarta-feira, 17 de julho de 2019

Notícias: Herd, 1º Encontro Red Special Brasil, Ritos Sombrios, Drakland, Curinga Roque, Andralls, Faces of Death, Flowerleaf, NervoChaos, Slow, Inanimalia e Tublues


Herd: apresenta título, capa e detalhes do novo álbum de estúdio


Os thrashers goianos do Herd anunciaram dia 13 de julho, dia mundial do rock, a capa, nome e quantidade de faixas que estarão presentes em seu primeiro full da carreira.

O disco que será intitulado de “Murdering My Flesh”, contará com 10 faixas, sendo 07 músicas inéditas e 03 que foram regravadas do EP de estreia “Crushind Demons”, lançado originalmente em 2013.


Todas as músicas já foram gravadas e atualmente se encontram em processo de masterização. Ainda não foi revelada a data oficial de lançamento de “Murdering My Flesh”, mas nas redes sociais do Herd, é possível ver alguns vídeos que a banda liberou do processo de gravações do novo registro. A arte foi uma elaboração de Lucas Moreira e o designer responsável pela montagem final, foi Daved Marinho.

Fique ligado e não perca nada sobre um dos lançamentos mais aguardados do Thrash Metal brasileiro.

Formação:
Wagner Marques – Voz/Guitarra
Elizmar Brandão – Baixo
Josué Junior – Bateria

Mais informações:
Facebook: https://www.facebook.com/herdband/
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCt0zZ2REtoOV2lpXIETNgtw
Roadie Metal Press: http://roadie-metal.com/press/herd/

Fonte: Gleison Junior (Assessor/Diretor)
Facebook Page Oficial: https://www.facebook.com/RoadieMetal/
Facebook Page Assessoria: https://www.facebook.com/roadiemetalassessoria/
Site: http://roadie-metal.com/

Acontece nesse sábado em São Paulo, 1º Encontro Red Special Brasil, que discuti as técnicas e equipamentos utilizados por Brian May (Queen)



Um dos maiores guitarristas da história da música, Brian May, completa 72 anos dia 19 de julho. Para celebrar de forma concisa essa data significativa e importante, será realizado dia 20 de julho, um evento que irá reunir músicos do país, fãs da banda Queen e admiradores de May, para uma tarde/noite de música e bate-papo sobre sua linha especial de guitarras “Red Special”.

O propósito do evento é discutir as técnicas e equipamentos utilizados pelo mestre Brian May e permitir a troca de informações e experiências entre aqueles que já têm uma guitarra “Red Special”.

Além de promover esse debate, músicos renomados do país, irão se apresentar em um palco muito bem montado, onde esses artistas vão tocar um setlist com músicas compostas pelo guitarrista Brian May. O evento será realizado no “Estúdio A Espaço Som”, localizado na cidade de São Paulo/SP. O horário de início está marcado para às 14h00 e os ingressos já estão sendo vendidos pelo valor de R$50,00.

Saiba mais sobre a “Red Special”:

A Red Special foi construída pelo próprio Brian May, com a ajusta de seu pai Harold, entre 1966 e 1967, já que não tinha dinheiro para comprar uma guitarra de marca reconhecida.

As características da Red Special são bem peculiares. Trata-se uma guitarra de corpo semi-sólido, com braço fixado com apenas um parafuso grande e dois pequenos parafusos internos, sob o escudo. Para construir o braço, foi utilizada madeira (mogno) de uma antiga lareira. A escala de 24 trastes foi confeccionada de carvalho de uma mesa. Essa mesma madeira foi usada na parte central do corpo.

A ponte foi feita à mão com componentes de motocicleta (molas da alavanca) e com uma agulha de tricô servindo de ponta da haste da alavanca. O próprio Brian May fez os primeiros captadores, mas que acabaram sendo substituídos por 3 captadores singlecoils Burns, ligados em série, podendo, cada um, ser ligado ou desligado e ter a sua fase invertida.

Serviço: 1º Encontro Red Special Brasil

PROGRAMAÇÃO*
14h00-14h30 Recepção
14:30h-14h45 Abertura
14h45-15h00 Red Special: características e inovações
15h00-15h30 Os equipamentos do Brian May
15h30-16h00 Técnicas de guitarra do Brian May
16h00-16h45 Como eu construí minha Red Special
16h45-17h30 Brian May Guitars no Brasil
17:30h-18:30h Apresentações de quem tem Red Special
18:00h-19:30h Experimentando a Red Special
19:30-22h Orquestra de Red Special (setlist com músicas compostas pelo Brian May) (*) Sujeita a alterações de horários, a depender do desenvolvimento de cada seção

Localização: R: Teodoro Sampaio, 512, Jd Paulista, São Paulo/SPMais informações: https://www.facebook.com/events/362100321048473/

Fonte: Gleison Junior (Assessor/Diretor)
Facebook Page Oficial: https://www.facebook.com/RoadieMetal/
Facebook Page Assessoria: https://www.facebook.com/roadiemetalassessoria/
Site: http://roadie-metal.com/

Ritos Sombrios: confira a capa oficial do novo álbum “Darkness Sky”


Um dos trabalhos mais aguardados por fãs de Death Metal, é o lançamento do primeiro registro de estúdio dos maranhenses do Ritos Sombrios. A banda que até o presente momento, ainda não liberou nenhum single para audição completa, possuí uma base muito forte de fãs que, foi conquistada em eventos undergrounds no qual da Ritos se apresentou.

Muito em breve será divulgado quais formatos será lançado o EP “Darkness Sky”, nome revelado a pouco mais de uma semana. Enquanto preparam-se para liberar as faixas, o Ritos Sombrios apresenta a capa que irá ilustrar visualmente o álbum.


Criada por Fabio Matta (baixista da Brutallian), o conceito visual, apresenta o demônio ressurgindo das trevas com o intuito de dominar e ceifar todas as vidas ainda restantes no planeta. Possivelmente uma das artes mais lindas apresentadas por uma banda brasileira em 2019.

Nos próximos dias o Ritos Sombrios irá comunicar o nome de todas as músicas que estarão presentes em “Darkness Sky” e quais formatos o material será lançado.

A formação atual da banda é:
Iury Gustavo (Iury Filth) – Voz
Jean Amorim ( Jack)– Baixo
David Lopes– guitarra
Izaque – Bateria

Mais informações:
Facebook: https://www.facebook.com/RitosSombrios/
Instagram: https://www.instagram.com/ritossombrios/
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCODyThGO2mLYL-ej2U8JXHA

Fonte: Gleison Junior (Assessor/Diretor)
Facebook Page Oficial: https://www.facebook.com/RoadieMetal/
Facebook Page Assessoria: https://www.facebook.com/roadiemetalassessoria/
Site: http://roadie-metal.com/

Drakland: novo single é liberado em todas as plataformas digitais pelo selo Roadie Metal


O single que carrega o nome da banda Drakland, está disponível para audição completa em todas as plataformas digitais. Mesclando Death e Thrash Metal, a banda se destaca por apresentar em sua sonoridade, doses cavalares de melodias, que dão um Breakdown diferenciado a estrutura harmônica elaboradas pelo Grupo.

Em fase de gravações do que será seu primeiro full, o single Drakland, é o segundo que a banda oficialmente disponibiliza para audição. O material é um lançamento do selo digital Roadie Metal e pode ser conferido no Spotify (link abaixo), Deezer, Itunes, Google Play, Napster, Tidal, Music Amazon e várias outras. Confira:
https://open.spotify.com/track/2XCsJmOf6eJic8dHsx79WV?si=QAzygkD1Q9aVC9EzAfFgLQ

Mais informações sobre o Drakland:
https://www.facebook.com/DraklandOficial/

Fonte: Gleison Junior (Assessor/Diretor)
Facebook Page Oficial: https://www.facebook.com/RoadieMetal/
Facebook Page Assessoria: https://www.facebook.com/roadiemetalassessoria/
Site: http://roadie-metal.com/

Curinga Roque: se apresenta dia 27 de julho no “2º Franca Rock Solidário”


A prefeitura de Franca/SP, promove entre os dias 27 e 28 de julho, o evento “Franca Rock Solidário 2019”, que contará com inúmeras bandas se apresentando, além de exposições e presença de Motos e Carros antigos.

O evento tem como objetivo arrecadar alimentos não perecíveis que serão doados a famílias carentes da cidade. A entrada para o festival, será de 2kg de alimento por dia, não serão aceitos sal e fubá como doações.

Falando sobre o Festival que chega à sua segunda edição. A organização reúne 14 bandas, sendo 07 se apresentando no sábado dia 27 e outras 07 no domingo dia 28. Uma das atrações confirmadas para o sábado é o da banda local Curinga Roque que vem se destacando por sua identidade de mesclar rock dos anos 90 e 00 com uma identidade própria em letras cantadas em português.

No mesmo dia da apresentação do Curinga Roque, a lendária banda brasileira Detonautas se apresenta no “Franca Rock Solidário 2019”. Ainda no sábado as bandas Capitão Flyer, Norms, Rock N Box, Uncle Trucker e Doppelgangers, estão confirmados como as atrações do dia.

Para o domingo as bandas serão: Walk, Vilões da Mogiana, Urbanos da Tribo, Mr. Magoo, General Blues, The Wanteds e D Rockets.

O evento começa ao 12:00 e será realizado no “Parque de Exposições Fernando Costa”. Chegue cedo e não perca nenhuma das atrações.

Mais informações:
https://www.facebook.com/events/305626783719411/

Fonte: Gleison Junior (Assessor/Diretor)
Facebook Page Oficial: https://www.facebook.com/RoadieMetal/
Facebook Page Assessoria: https://www.facebook.com/roadiemetalassessoria/
Site: http://roadie-metal.com/

Andralls: banda inicia turnê de 'Bleeding for Thrash'


Alex Coelho (vocal e guitarra), Felipe Freitas (baixo) e Alexandre "Xandão" Brito (bateria) iniciarão a turnê de promoção a "Bleeding for Thrash", sexto disco de estúdio do Andralls, no próximo final de semana. "O disco traz um Andralls muito agressivo, técnico, sujo e rápido, como sempre foi. São pouco mais de 30 minutos divididos em onze temas para headbanger nenhum ficar sem bater cabeça. É isso que vamos levar agora para os palcos",

Gravado no Papiris Studio (SP) ao lado do produtor Caio Monfort e masterizado no Absolute Master por Neto Grous, "Bleeding for Thrash" foi lançado oficialmente no Brasil no dia 25 de junho pela Distro Rock Records e Metal Under Store e teve o lançamento no mercado europeu confirmado através da gravadora alemã MDD Records.

Para ver o lyric video de "Bleeding for Thrash", acesse: https://youtu.be/qjyCyntauz0

O show de lançamento de 'Bleeding for Thrash' ocorre no dia 19 de julho, a partir de 19h, no Espaço Som (Rua Teodoro Sampaio, 512 - Pinheiros), em São Paulo. Na ocasião, a banda Corpsia fará o lançamento de "Murder Mind". Pontos de Venda: Mutilation (Galeria do Rock)
Estúdio 785 - Rua Capote Valente, 785 – Pinheiros
Estúdio Espaço Som - Rua Teodoro Sampaio, 512 – Pinheiros
Ingressos Antecipados R$ 15,00 - Na Porta R$ 20,00
Infos em https://is.gd/RP2tEO

A agenda segue com shows no dia 20 na Casa Rock (com Corpsia), em Campinas (SP), e no dia 21 de julho em Santos, no Boteco Valongo (com Corpsia e Tosco). "Novas datas no Brasil serão anunciadas em breve e depois partiremos para shows no exterior, em 2020", concluiu Xandão Brito.


Site relacionado: www.facebook.com/andrallsfasthrash

Contato para shows: onfirebookingagency@gmail.com
Instagram: @andrallsfasthrash
YouTube: Andralls Thrash

Fonte: Ricardo Batalha - ASE Music
www.asepress.com.br/music 

Faces of Death: lançado clipe de versão para 'Black Magic' do Slayer


Após o lyric video para "King of Darkness" e o clipe de "Fucking Human Gods", que integram o repertório do álbum "From Hell" (2018), a banda paulista de thrash metal Faces of Death apresenta o videoclipe para a versão de "Black Magic", clássico do Slayer. "O Slayer sempre nos inspirou a tocar. Como já tocamos 'Black Magic' em nossos shows, decidimos fazer esta homenagem para agradecer o que a banda representa para nós e para todos que tocam thrash metal", declarou o vocalista e guitarrista Laurence Miranda.

Para ver o vídeo de versão para 'Black Magic' do Slayer acesse:


A versão de "Black Magic" foi gravada no Estúdio Acrobata, em São José dos Campos (SP), com produção de Friggi Mad Beats, e masterização no Absolute Master.

Criado na cidade de Pindamonhangaba (SP) em 1990, o Faces of Death logo chamou a atenção com seu thrash metal. Na época, o grupo soltou duas demos, mas não chegou a gravar um registro oficial. Após quase duas décadas inativo, retomou as atividades em 2016 e passou a tirar o atraso, lançando o EP "Consummatum Est" (2017) e o debut, "From Hell", em 2018. Laurence Miranda (vocal e guitarra), Felipe Rodrigues (guitarra), Sylvio Miranda (baixo) e Sidney Ramos (bateria) seguem promovendo "From Hell" nos palcos e, além da versão do Slayer, seguem compondo músicas novas para lançar o segundo álbum, sucessor de "From Hell", em 2020. "As músicas para o segundo estão ficando pesadas, com a essência do thrash metal dos anos 80/90 intacta. Porém, nossa principal meta é mostrar isso com identidade própria", concluiu Laurence Miranda.

Site relacionado: www.facebook.com/facesofdeathband

Contato para shows e merch: facesofdeath@hotmail.com

Fonte: Ricardo Batalha - ASE Music
www.asepress.com.br/music 

Flowerleaf: lançado lyric video de 'Paralysis'


"Paralysis", faixa de abertura de "Stronger", álbum de estreia da banda de symphonic metal FlowerLeaf, acaba de ganhar um lyric video. "A música fala sobre a paralisia do sono, um distúrbio recorrente que, às vezes, enfrento no período do amanhecer. Durante esse momento parece que uma força nos puxa para baixo. Não dá para se mover ou falar. Porém, ao dominar o medo e obter controle da situação, é possível tranquilamente cair em um sonho lúcido", explicou a vocalista Vivs Takahashi.

Veja o lyric video de "Paralysis", produzido por Grazy Mesquita (Lasting Maze):


"Stronger", que teve a arte de capa criada por Carlos Fides (Kryour, Almah, Evergrey, Semblant, Noturnall, Trezzy, Silver Mammoth), contou com produção do guitarrista Raphael Gazal (ex-Pastore, Bullet Back). O álbum ainda traz participações especiais de Mylena Monaco (Sinaya) e Marina La Torraca (Exit Eden, Phantom Elite).

Composta em meados de 2007, quando Vivs Takahashi e Marcelo Kaczorowsky (baixo) ainda nem se conheciam, "Paralysis" foi rearranjada especialmente para o debut. "Ao ouvirmos alguns arquivos antigos, achamos que daria para aproveitar essa música. Reescrevi parte da letra e ajustamos algumas coisas na melodia para a versão que constou em 'Stronger'", concluiu a vocalista.

Site relacionado: www.flowerleafband.com
Spotify: https://goo.gl/AwtbHi

Contato: contact@flowerleafband.com

Fonte: Ricardo Batalha - ASE Music
www.asepress.com.br/music 

NervoChaos: banda já está na Europa; turnês no México e Canadá anunciadas


Depois do grande sucesso de sua passagem pela Ásia e Oceania, o NERVOCHAOS segue sua turnê mundial agora pela Europa, onde já está se apresentando.

Para ter uma ideia de como foi a incrível passagem do grupo brasileiro pelo Oriente, a banda liberou um mini-documentário ‘To Set The East Ablaze Tour’:
https://youtu.be/a_d9jJYKkDI

A Oceania não ficou de fora e também ganhou um minidoc:
https://youtu.be/IWteQj6aNO8

Já no Velho Continente o NERVOCHAOS está se apresentando desde o dia 29 do mês passado em mais uma gigantesca passagem pelo continente que durará dois meses! Serão aproximadamente 18 países com estaque para a Rússia onde o grupo faz 12 shows.

Mas o Tanque de Guerra não para! A banda acaba de anunciar turnês pelo México e Canadá:

10.09 – Monterrey (Mexico) @ Salon Morelos
11.09 – San Luis Potosi (Mexico) @ Bunker
12.09 – Guadalajara (Mexico) @ Anexo Independencia
13.09 – Queretaro (Mexico) @ Noisy Bar
14.09 – Ciudad do Mexico (Mexico) @ OFF Limits Festival
15.09 – Leon (Mexico) @ Top Music
17.09 – Quebec City/QC
18.09 – Shawinigan/QC
19.09 – Sherbrooke/QC
20.09 – Montreal/QC
21.09 – Ottawa/ON
22.09 – Toronto/ON


‘Ablaze’, oitavo álbum do NERVOCHAOS, marca sua entrada na Hammerheart Records, que cuida do lançamento mundo afora.

O material foi gravado no Alpha Omega Studio (Blevio, Itália), ao lado do produtor Alex Azzali que também o mixou e masterizou. A arte do álbum foi criada por Nornagest da Ibex Designs (Enthroned, Morbid Angel, etc).

‘Feast of Cain’ é o quarto videoclipe retirado de ‘Ablaze’ e novamente contou com a produção da Video Dayz, assista:

https://youtu.be/ccTwEsfFLJQ

O clipe também está disponível no Facebook: https://www.facebook.com/watch/?v=2348390631924730

Links relacionados:
E-Mail: nervo666@hotmail.com
Site: http://www.nervochaos.net
Facebook: https://www.facebook.com/NervoChaos
Instagram: https://www.instagram.com/nervochaos
YouTube: https://www.youtube.com/nervochaos
Spotify: https://open.spotify.com/artist/79Zxs7jzzD0sCwnYOUCKGx
iTunes: https://itunes.apple.com/br/artist/nervochaos/570172609
Metal Media: http://www.metalmedia.com.br/nervochaos

Fonte: Metal Media

SLOW: pioneiros do Metal Gaúcho anunciam retorno às atividades


A banda gaúcha SLOW retorna às atividades com o lançamento do álbum “Lágrimas de Ícaro”, lançado em junho de 2019 e apresentando regravações dos clássicos da banda e músicas inéditas. A formação que deu vida ao CD contou com os integrantes originais Lauro Levandowski (guitarra/baixo e vocal) e Marcelo Wolff (vocal) acompanhados de Daniel Fontoura (bateria e vocal). Sobre o retorno, Lauro comenta que “durante esses trinta anos que se passaram, muitas pessoas comentaram sobre a banda e desde 2010 existe material raro daquela época no Soundcloud. Após o lançamento do livro Tá no Sangue - A História do Rock Pesado Gaúcho, a vontade de trazer à vida aquela sonoridade pesada e clássica surgiu, e cá estamos nós, com “Lágrimas de Ícaro”!”.

Ouça no Spotify:
https://open.spotify.com/album/6CPte8PM61xhlTmnYaapSC

Ouça no Deezer:
https://www.deezer.com/album/101839892

Ouça no Youtube:
https://music.youtube.com/watch?v=wO1HaEpPxSc&feature=share

Inicialmente o plano era gravar 14 músicas da banda, originais da década de 80, porém o vocalista original Marcelo entregou cinco músicas e sugeriu um EP, enquanto Lauro incluiu e cantou músicas novas e algumas antigas. Daniel cantou outras novas e o resultado final se tornou um registro que mescla o passado e o presente da banda, onde todos os músicos se revezam nos vocais.

A banda SLOW surgiu na efervescente cena Rock/Metal de Porto Alegre do início da década de 1980, dividindo o palco com bandas como Astaroth, Pesadelo, Taranatiriça, Asgard e inúmeras outras da cena gaúcha. Os primeiros shows foram em colégios nos bairros Santana e Cidade Baixa. O som pesado cantado em português mencionava o lado podre da humanidade nas letras. Após formar um razoável público a banda decidiu produzir uma temporada no Teatro do IPE. A batalha com a censura foi árdua e a burocracia envolvida também foi complicada. Na ocasião a banda fez contato com diversos músicos locais e tornou-se cada vez mais influente e incluída no cenário do Rock e Metal local. Alguns de seus grandes feitos foi uma abertura para o Taranatiriça e participação no primeiro festival de Heavy Metal gaúcho, realizado no Auditório Araújo Vianna em dezembro de 1984. O Araújo Vianna era o palco do movimento Rock na cidade, recebendo ao longo da década de 1980 inúmeros shows de bandas gaúchas, brasileiras e internacionais. A banda ainda tocou em bares populares na época como o Rocket 88 do Mutuca e nos primeiros festivais organizados pelos grêmios estudantis de colégios como Anchieta, Instituto Porto Alegre (IPA), Santo Antônio, entre outros.

No final de 1985 a banda mudou de estilo, buscando conquistar espaço nas rádios. Na época, a banda era composta por Lauro Levandowski (guitarra), Marcelo Wolff (vocal), Leandro Grando (baixo), Odir Goulart (bateria) e Alencar Heidrich (teclados em '84 e '85). Em meados de 1986, Lauro muda-se para São Paulo, enquanto Alencar forma sua própria banda e os demais integrantes seguiram em atividade principalmente em encontros mensais no estúdio Nazari no bairro Praia de Belas juntamente com Lauro, que retornava mensalmente para os ensaios. Em 1988 Leandro saía da banda e Marko assumia o baixo, adotando assim um novo nome: THOMAS BUTTERFLY. Interessante notar que três dos quatro membros originais da SLOW permaneceram nessa primeira formação da THOMAS BUTTERFLY que seguiu assim até final de 1989 quando o baterista Odir sai da banda, encerrando-se um ciclo e dando início à outro.

A THOMAS BUTTERFLY, que seguiu até 1990 com Lauro e Marcelo (originais da SLOW) acompanhados de Marko e Daniel Fontoura (que entrou em 89), iniciou sua história com ótimas gravações e ótimos shows, mas na loucura dessa energia acabou se dissolvendo em 1991 quando Lauro, Daniel e Asdrubal iniciaram o trio que seguiu até 1994. Lauro e Marcelo retomaram a parceria na década de 2000 juntamente com Romano Duarte e gravaram quatro CDs e fizeram alguns shows, encerrando as atividades em 2006. Em 2014, um novo retorno da THOMAS BUTTERFLY: Daniel convoca Lauro e Marcelo e inicia-se um novo ciclo de quatro CDs e muita divulgação pelas redes sociais, mídia e rádios online que segue até hoje.

Com o lançamento de “Lágrimas de Ícaro”, a SLOW busca se reconectar com o passado e almeja um futuro, concentrando suas atividades em paralelo com a THOMAS BUTTERFLY, que segue uma linha mais Progressiva. Lauro Levandowski finaliza: “Slow e Thomas Butterfly possuem o mesmo DNA, mas com o tempo as influências foram se moldando, então se com a Slow temos um som mais pesado e direto, com a Thomas podemos inserir elementos mais viajantes e progressivos, mas sem abrir mão do peso. Nestes mais de três décadas de música tudo o que queremos é ter liberdade musical e poder mostrar ao público um som de qualidade e que faz jus à nossa história. Em breve anunciaremos o primeiro show deste retorno e mesclaremos o novo e o antigo para celebrar o lançamento de “Lágrimas de Ícaro”!”.

Contatos:
Facebook: www.facebook.com/SlowBandBrazil
Soundcloud: www.soundcloud.com/slow-band-brazil
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Fonte: Maicon Leite - Wargods Press

Inanimalia: explica origem do nome e com se dá processo de composição das músicas


Repleto de simbolismos e intelectualidade, a obra criada pelo Inanimalia, vai muito além de apenas soar como uma banda de Death Metal. O grupo de Ribeirão Preto busca com suas músicas, levar conceitos elaborados sobre uma perspectiva filosófica e psicológica, onde assuntos pertinentes ao existencialismo, perversões e sexualidade, são as bases estudadas e, posteriormente, reescrita para se tornarem músicas do grupo.

Para explicar melhor todo esse processo o guitarrista Rafael Cazuza explica o significado do nome Inanimalia: “é um neologismo derivado da palavra latina Animalia (plural de animalis/anima = alma) juntamente com o prefixo In (negação), significando algo como “os sem alma”. O nome escolhido foi determinado não só pela sonoridade/simplicidade como pela identidade, significado e representação do som que escolhemos fazer, direto e inteligente”.

Rafael e Thales Carosia (Baixo) são os responsáveis pelas composições da banda, sendo Rafael o principal letrista da banda. Essas elaborações líricas abrangem diversos temas da natureza humana. Existencialismo, religião, vivência social, transtornos mentais e sexualidade são expostos como problemas decorrentes de questões sociais. Utilizando de estudos de grandes pensadores, a banda Inanimalia, desenvolve sua tese, a apresentando em excelentes composições que estão presentes no EP “A Message”.

https://open.spotify.com/album/61fw3YNncNyk535LYxiM3w?si=9NLh23S6QiSq-5e4MUcNSg

Rafael menciona como de fato ocorre o processo de criação de uma música e o significado do símbolo/logo da banda: “Geralmente o processo criativo se inicia em duas vias independentes, o processo de criação das letras e o processo de criação do instrumental. Letras que se encaixam em alguma melodia específica são colocadas em alguma música já composta ou alguma música é feita exclusivamente para uma letra já composta. Todo esse processo visa combinar poesia e atmosfera para trazer uma experiência única pra quem escuta”.

“Para completar, o símbolo da banda representa um oroboros, símbolo do eterno retorno. Geralmente representado por duas serpentes, uma viva e uma morta, ou dois círculos, um escuro e um claro. O símbolo tem por finalidade representar que Inanimalia é mais que um projeto, é um processo em eterna evolução, juntando tudo que há entre a vida e a morte e transformando-os em poesia”.

Importante você que está conhecendo o Inanimalia por agora saber sobre esses detalhes, pois muito em breve, a banda irá informar oficialmente detalhes de seu primeiro full da carreira que tem previsão de ser lançado ainda em 2019.

Formação:
Alessandra Lodoli – Vocal
Rafael Cazuza – Guitarra
Thales Carosia – Baixo
Vagner Venâncio – Bateria

Mais informações:
Facebook: https://www.facebook.com/inanimalia/
Instagram: https://www.instagram.com/inanimalia_official/
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCQFvodF6lAxpbAl8h0WcsJw
Roadie Metal press: http://roadie-metal.com/press/inanimalia/

Fonte: Gleison Junior (Assessor/Diretor)
Facebook Page Oficial: https://www.facebook.com/RoadieMetal/
Facebook Page Assessoria: https://www.facebook.com/roadiemetalassessoria/
Site: http://roadie-metal.com/

Tublues: libera primeira álbum da carreira, “Na Batida da Alma”, em todas as plataformas digitais


Fazendo um resgate em sua essência, o Tublues, nome veterano e respeitado nacionalmente, incluí em suas linhas harmônicas, doses cavalares de Blues e Rock and Roll dos anos 60 e 70. Tudo isso alinhado a um feeling incrivelmente contagiante e um groove de tirar o fôlego.

Não é à toa que a banda perdura por mais de 20 anos na estrada e com inúmeros discos lançadas, entre compilações, EPs, Ao Vivos e Acústico. Pensando nisso, e logo após celebrar 20 anos de carreira, o Tublues vai disponibilizando, como forma de gratidão aos seus seguidores, toda sua discografia nas plataformas digitais para acesso direto e gratuito.

Com isso, é chegada a hora de informar que o primeiro álbum do Tublues, “Na Batida da Alma”, lançado entre os anos de 1999 e 2000, acaba de ser oficialmente disponibilizado em todas as plataformas de Streaming. Agora é possível conferir esse épico e clássico registro da música brasileira, pelo Spotify (link abaixo), Deezer, Itunes, Google Play, Tidal, Amazon, Music Amazon, Shazam, Akazoo, 7 Digital e várias outras.

Para de preguiça e acesse agora mesmo para aquecer seu esqueleto com uma pegada insana e bem trabalhada.

https://open.spotify.com/album/6L0GOdQZcusLsWxqyxnsUF?si=JWZtkqk-QkSaoQqBus7aEQ

Tracks:
01 – Venha Agora
02 – Como um Cão de Rua
03 – The Feeling Blues Soul
04 – Paixão Proibida
05 – All Your Love
06 – Uma Banda Made In Brazil
07 – To Stevie

Formação que gravou o disco:
Cezar Heavy – Baixo/Vocal
Alexandre Freitas: Guitarra
Felipe Fill – Bateria

Mais informações:
Facebook: https://www.facebook.com/TubluesROCK/
YouTube: http://www.youtube.com/user/Tublues
Site Oficial: http://tubluesrock.blogspot.com.br

Fonte: Gleison Junior (Assessor/Diretor)
Facebook Page Oficial: https://www.facebook.com/RoadieMetal/
Facebook Page Assessoria: https://www.facebook.com/roadiemetalassessoria/
Site: http://roadie-metal.com/

terça-feira, 16 de julho de 2019

Notícias: Spiral Guru, Wizened Tree, Desert Crows, Epica, Preto no Metal, Turbonegro, Michel Marcos, Khorium e Virus

Spiral Guru: redefinindo o space rock no cativante debut Void


Os dois anos de produção de Void foram essenciais para a construção de uma identidade e conceber a sonoridade atual daSpiral Guru, natural de Piracicaba, no interior de São Paulo. O autodeclarado space rock do quarteto apresenta-se minimalista, com referências de stoner, doom, pós-punk e até metal, mas numa embalagem autêntica e, principalmente, eletrizante. Esse, que é o disco de estreia, é o novo lançamento da Abraxas Records e já está nas plataformas de streaming: https://sl.onerpm.com/2263880363.

O impacto da faixa de abertura – Signs – dá a tônica do disco: riffs cativantes e criativos, uma batida marcante e muito rítmica, somados ao vocal preciso e melódico de Andrea Ruocco. São nove faixas que alavancam o Spiral Guru ao hall das bandas que precisam ser ouvidas em 2019. Void, como se diz por metáforas, é um álbum de ‘mão cheia’.

Junto à Void, a Spital Guru lança o videoclipe da música Oracle, que pode ser conferido aqui: https://youtu.be/uwYIoARbBzs, uma produção audiovisual que dialoga pontualmente com as ambientações cósmicas e tempos quebrados das músicas desta faixa, que flerta com o metal.

“O full álbum vem para concretizar o Spiral Guru”, destaca o guitarrista Samuel Pedrosa. Completam a banda, além da citada vocalista Andrea, o baixista Ribeiro Jr e o baterista Alexandre H. G. Garcia. A produção, importante ser ressaltado, aconteceu no Casarão Studio, em Piracicaba, que já pode ser considerado um dos principais locais de gravação do interior paulista.  

Crédito: Renato Petean

Fonte:  Fonte: Erick Tedesco

Wizened Tree: aproximando rock psicodélico a temas regionais do Tocantins


A aura psicodélica que imortalizou tantas bandas clássicas da década de 1970, de The Doors, Deep Purple a Black Sabbath e Led Zepellin, é também a força motriz do EP homônimo da Wizened Tree, lançado pela Abraxas Records em parceria com a produtora Árvore Seca nas plataformas digitais. São cinco faixas que enaltecem a criatividade e sensibilidade do jovem quarteto de Tocantins. Ouça aqui: https://sl.onerpm.com/9432052674.

Com arranjos caprichados e riffs robustos, as composições da Wizened Tree condensam sensações e sentimentos. São músicas versáteis, com peso e psicodelia nas doses exatas à audição.

Os diversos detalhes e passagens rítmicas também ressaltam a originalidade deste EP, cujas letras abordam questões regionais, explica o baixista Felipe Marinho. “A temática girava em torno do regionalismo da região aqui do Tocantins. Muito calor, épocas de queimadas e também de chuvas torrenciais, chapação até o dia amanhecer nos botecos etc”.

Da verve rock n roll a nuances de um moderno stoner rock, a Wizened Tree – que nasceu de uma jam session – apresenta um EP que exala honestidade e paixão pela música, sem medo de fazer diversas referências ao passado, ao mesmo tempo em que experimentam para soarem únicos.

“Acredito que essas 5 músicas ressoam o lance da gente querer fazer um som tão massa quanto os sons que a gente sempre gostou de ouvir”, completa Marinho. No currículo, a Wizened Tree tem importantes apresentações como banda de abertura Radio Moscow (EUA) e Samsara Blues Experiment (Alemanha).
 
Fonte: Erick Tedesco

Desert Crows: banda realiza primeira turnê por São Paulo

Crédito: Raissa Guadalupe

Para completar a excelente fase pós-lançamento do disco de estreia Age of Despair (Monstro Discos/Milo Records), o power trio goiano de stoner rock Desert Crows tem cinco shows confirmados pelo estado de São Paulo. Será a primeira vez da banda no Sudeste. A mini-tour acontece de 18 a 21 de julho. A também goiana Bad Distortion embarca junto neste giro. A rota do Desert Crows por terras paulistas passa por Jundiaí, São Paulo e Mogi das Cruzes.

No show de estreia, em Jundiaí (18/7), o palco será o Aldeia Bar, a partir das 20 horas, na companhia das bandas Bad Distortion, Overdrive Luna e Resilienz. Em São Paulo, no dia seguinte (19/7), o role é na Casa do Macha, com Bad Distortion, Bears Witiness e Hammerhead Blues. Ainda na capital, o trio toca dia 20 de julho no M6 Estúdio, a parti das 16 horas, com Casqueteria e Bad Distortion.

No domingo, 21/7, são dois shows. Ao meio dia, ao ar livre na avenida Paulista, em frente ao Parque Mário Covas. À tarde, a última parada é em Mogi das Cruzes (21/7), num tradicional Raro Zine Fest. A partir das 18 horas, o Overdrive recebe as duas bandas goianas e mais a Universe Garden.


Age of Despair coleciona elogios da imprensa nacional. O renomado site Collectors Room opinou que se trata de “um dos grandes debuts gravados por uma banda brasileira nos últimos anos”, além de mencionar a “linda capa criada pelo ilustrador Cristiano Suarez” (sim, o mesmo do polêmico pôster da cancelada turnê do Dead Kennedys pelo país). O resenhista, o editor Ricardo Selling, ainda destacou três músicas: “‘Loose Me’ e seu DNA tipicamente Tony Iommi, o doom chapado da cadenciada e longa ‘Sweet Liar Love’ e a música que dá nome ao disco, que derrama uma enxurrada de riffs na cabeça do ouvinte’.

Também passou boa impressão ao site Headbangers News, que apontou a pegada “muito rock n roll” do disco. “Os Desert Crows compuseram uma obra característica da juventude de seus integrantes, cheia de energia, distorções mais agressivas e riffs grudentos que vão pegar de jeito os headbangers que realmente amam o estilo”, comenta a resenha.

O vocalista/guitarrista Vitor Merces está confiante e ansioso. “Para nós, da Desert Crows, ir a São Paulo nessa primeira turnê será algo realizador. Tocar fora de Goiás, com várias datas, no estado onde a cena underground tem tanta força, é também desafiador. Poder espalhar nosso som para o Brasil todo é o nosso principal objetivo e essa oportunidade é apenas o primeiro passo para isso”.  

Fonte: Erick Tedesco

Epica: banda prepara lançamento de versão gold deluxe do clássico "Desing Your Universe", antes de histórica tour na Europa e América Latina

Foto por Tim Tronckoe

Mesmo 10 anos após o seu lançamento, o álbum “Design Your Universe” ainda é considerado uma das principais e melhores obras na discografia da banda holandesa Epica. Este trabalho, que nasceu com a responsabilidade de superar o conceitual e aclamado “The Divine Conspiracy”, traz os músicos em uma linha mais inovadora, bombástica e experimental, consolidando o grupo definitivamente em um verdadeiro fenômeno mundial.

E é justamente por conta de toda essa importância que, antes de iniciar a histórica turnê “Design Your Universe - 10th Anniversary Tour 2019” pela Europa e América Latina, Simone Simons (vocal), Mark Jansen (guitarra/vocal), Coen Janssen (synth/piano), Ariën van Weesenbeek (bateria/vocal), Isaac Delahaye (guitarra) e Rob van der Loo (baixo) lançarão edição especial gold deluxe do clássico disco, no dia 4 de outubro, com vários materiais inéditos até então, com alguns extras, incluindo um CD bônus com músicas em versões no formato acústico. Além disso, em novembro, será lançado o livro “The Essence Of Epica”, que conta a história do grupo nas próprias palavras dos seus integrantes.

Com 17 poderosos anos de carreira e milhões de álbuns vendidos, o Epica retorna ao Brasil trazendo um dos shows mais elogiados e impressionantes do momento, apenas para São Paulo (26/10 - Tropical Butantã) e Rio de Janeiro (27/10 - Circo Voador). Esta é mais uma realização da Liberation Tour Booking.

Devido a ansiedade da legião de fãs, a procura por ingressos para as performances, tanto na capital paulista (www.ticketbrasil.com.br - pista Premium e acesso ao meet and greet estão esgotados), como fluminense (www.tudus.com.br - acesso ao meet and greet está esgotado), está acima do esperado, já que a passagem do quinteto acontece em poucos meses. Mais informações nos serviços abaixo.

O grupo aproveitou a brilhante performance no Download Festival para ilustrar, em vídeo, o que os fãs poderão esperar durante a “Design Your Universe - 10th Anniversary Tour 2019” em mensagem enviada pela bela vocalista Simone Simons e o guitarrista Mark Jansen. Confira em https://www.facebook.com/liberationmcofficial/videos/458334495006834.

“É com muita felicidade que anunciamos que, devido ao grande número de pedidos dos nossos fãs na América Latina, vamos levar a nossa apresentação especial em comemoração aos 10 anos de lançamento de ‘Design Your Universe’ também para vocês”, declarou Simone Simons.

O guitarrista Mark Jansen também comentou. “Em celebração de um dos meus discos favoritos do Epica, estamos voltando a um dos territórios de que mais gosto. É muito bom quando uma grande quantidade de pessoas pede para trazermos nosso novo show e conseguimos encontrar uma maneira viável de isso acontecer! Vai ser demais!”.

O disco - Lançado em 2009, “Design Your Universe” é um dos trabalhos mais importantes na carreira do Epica. Seguindo uma linha mais inovadora, esse trabalho mostra a banda em sua forma mais bombástica e experimental até aquele momento. Além de evidenciar maturidade, perfeita evolução musical e forma espetacular, o disco figurou no topo das paradas mundiais, superando o sucesso conquistado com o antecessor “The Divine Conspiracy”.

Formado em 2002, após a saída do guitarrista Mark Jansen do After Forever, o Epica ficou famoso já no lançamento do debut "The Phantom Agony" (2003). No entanto, o grupo conquistou o Mundo com o excelente feedback dos álbuns "Consign to Oblivion" (2005), "The Divine Conspiracy" (2007) e "Design Your Universe" (2009).

Lotando sempre as principais casas de shows da Europa, América do Norte e Oceania, o grupo invadiu a capa das principais revistas especializadas e sempre é uma das principais atrações de grandes festivais de rock/metal como Wacken Open Air, Hellfest, Download, Rock Hard, entre tantos outros.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/epica
https://www.facebook.com/liberationmcofficial
https://www.facebook.com/nuclearblastbrasil
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR 



SERVIÇO SÃO PAULO
Liberation Tour Booking orgulhosamente reapresenta Epica
Data: sábado, 26 de outubro de 2019
Local: Tropical Butantã - www.tropicalbutanta.com.br
End: Av. Valdemar Ferreira, 93 (200m do Metro Butantã)
Horário: 19h (abertura da casa)
Infoline: 11 3031-0393
Informações gerais: info@liberationmc.com
Assessoria de Imprensa: press@theultimatemusic.com | (11) 964.197.206
Evento Fb: https://www.facebook.com/events/415330235886779
Classificação etária: 16 anos. Entre 14 e 15 anos somente acompanhado por pai ou mãe munidos de documentos ou responsável legal
Estacionamento: locais próximos sem convênio
Estrutura: acesso para deficientes, área para fumantes

# SETORES/VALORES
- PISTA PREMIUM MEIA/PROMOCIONAL*: ESGOTADO
- PISTA MEIA/PROMOCIONAL*: R$ 180,00
- CAMAROTE MEIA/PROMOCIONAL*: R$ 250,00
*O ingresso promocional antecipado é válido mediante a entrega de 1 kg de alimento não-perecível na entrada do evento.

# PONTO DE VENDA OFICIAL – bilheteria da Tropical Butantã
# COMPRA PELA INTERNET – www.ticketbrasil.com.br
Formas de Pagamento: dinheiro, cartões de crédito e débito Visa, MasterCard, e American Express

# PACOTE VIP / MEET & GREET – ESGOTADO

O pacote inclui:
- Meet & Greet com o Epica com foto
- Uma imagem da banda para ser autografada
- Uma camiseta oficial do Epica
- Entrada na casa de shows antes da abertura dos portões

SERVIÇO RIO DE JANEIRO
Circo Voador e Liberation Tour Booking orgulhosamente apresentam Epica
Data: domingo, 27 de outubro de 2019
Local: Circo Voador
End: Rua dos Arcos S/N, Rio De Janeiro, RJ
Horário: 18h (abertura da casa)
Informações gerais: www.circovoador.com.br
Assessoria de Imprensa: press@theultimatemusic.com | (11) 964.197.206
Evento Fb:
Classificação etária: 16 anos. Entre 14 e 15 anos somente acompanhado por pai ou mãe munidos de documentos ou responsável legal
Estacionamento: locais próximos sem convênio
Estrutura: acesso para deficientes, área para fumantes

# SETORES/VALORES
- PISTA MEIA/PROMOCIONAL*: R$ 150,00
- PISTA INTEIRA: R$ 300,00
*O ingresso promocional antecipado é válido mediante a entrega de 1 kg de alimento não-perecível na entrada do evento.

# COMPRA PELA INTERNET – https://www.tudus.com.br
Formas de Pagamento: dinheiro, cartões de crédito e débito Visa, MasterCard, e American Express
# PONTO DE VENDA OFICIAL – bilheteria do Circo Voador

# PACOTE VIP / MEET & GREET – ESGOTADO

O pacote inclui:
- Meet & Greet com o Epica com foto
- Uma imagem da banda para ser autografada
- Uma camiseta oficial do Epica
- Entrada na casa de shows antes da abertura dos portões

* Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei;
** A produção do evento NÃO se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais;
*** É expressamente proibida a entrada com câmeras fotográficas e filmadoras profissionais ou semi-profissionais. 

Fonte: The Ultimate Music

Coletivo L.I.V.R.E apresenta projeto "Preto no Metal" 


Mas afinal, o que é o Projeto Preto no Metal?
O Projeto Preto no Metal será uma reunião de fotografias de músicos negros atuantes no cenário Heavy Metal no Rio Grande do Sul, que resultará em uma exposição de Artes Visuais e um documentário, retratando a realidade destes artistas em um contexto de ainda pouca apropriação étnica versus estilo musical.

Preto no Metal: uma retrospectiva de pouca representatividade
Historicamente, a música “pesada”, nesse projeto representada pelo estilo Heavy Metal, contou com poucos nomes de personalidades negras, tanto no Brasil quanto internacionalmente. Na região Sul do Brasil, essa representatividade é ainda menor, por ser uma região de colonização predominantemente europeia.
O objetivo principal do projeto é proporcionar ao negro uma forma de ter voz ativa no Heavy Metal e, assim, fomentar o seu ingresso nesse cenário, incentivando-o a ter uma carreira na música pesada, seja como músico instrumentista, vocalista ou ainda produtor musical.
O projeto surgiu quando a fotógrafa Indy Lopes captou algumas imagens de um músico negro atuante no cenário da música underground em Porto Alegre para compor seu portfólio. Após o ensaio, juntamente com alguns amigos, surgiu a ideia de realizar um ensaio fotográfico somente com músicos negros atuantes na cena Heavy Metal e transformar este material em uma exposição de Artes Visuais.
Essa simples sugestão, inicialmente despretensiosa, deu espaço para vários questionamentos quanto à participação dos negros nesse estilo musical e permitiu vislumbrar a criação de um projeto cultural com a intenção de enaltecer sua maior participação no mundo da música pesada, proporcionando reflexões e diálogos que levem à sua representatividade.

Coletivo L.I.V.R.E | Os responsáveis pelo Projeto
Diante desta iniciativa, um grupo de amigos profissionais das artes, como da Fotografia, Cinema, Publicidade, Produção Cultural e da Música, formaram o coletivo L.I.V.R.E., que está dando voz ao projeto, elevando o questionamento desta falta de representatividade cultural e étnica no metal.
Com estes porquês, o projeto visa desmistificar o pensamento de muitas pessoas que insistem em apontar a distinção entre etnia, gênero ou condição social quando se trata da apropriação das Artes, especialmente no Heavy Metal, que é o mote deste projeto.
O Projeto Preto no Metal tem como idealizadores e responsáveis Indy Lopes, Dênis Lapuente e Lohy Silveira.

Saiba mais sobre o coletivo na pagina do Facebook:
https://www.facebook.com/pretonometal/

Fonte: WAGNER SANTOS - Facebook Page Wagner Santos
https://dominiinferi.com
https://www.facebook.com/DominiInferiProds/
https://www.instagram.com/dominiinferinews
http://twitter.com/DProds
https://www.youtube.com/user/DOMINIINFERIPRODS

Turbonegro: banda estremece Download Festival Madrid, antes de shows de estreia no Brasil



A banda Turbonegro, que ficou famosa na metade dos anos 90 por conta de sua performance bombástica, segue na estrada e tocando o terror pela Europa ao seu melhor estilo.

Recentemente, o grupo foi uma das principais atrações do Download Festival Madrid, ao lado de Scorpions, Papa Rock, Sabaton, Slipknot, Tool, Amon Amarth, Stone Temple Pilots, Soulfly, entre outros, e fizeram jus a fama explosiva.

Confira videos da performance na capital espanhola nos links abaixo:
- https://www.instagram.com/p/Bz29ddiga5h
- https://www.instagram.com/p/Bz29FIXAhcJ
*Colaboração do social media Guilherme Werneck

Este show faz parte da turnê mundial promove o novo álbum “RockNRoll Machine”, que está prestes a desembarcar na América Latina e que marca a estreia do Turbonegro no Brasil, após 30 anos de carreira.

Os icônicos noruegueses se apresentarão apenas em São Paulo (15/09 - Carioca Club) e Rio de Janeiro (17/09 - Teatro Odisseia). Os ingressos continuam à venda pelo site do Clube do Ingresso (https://www.clubedoingresso.com/evento/turbonegro-sp | https://www.clubedoingresso.com/evento/turbonegro-rj) e pontos autorizados. Mais informações no serviço abaixo.

O setlist que vem sendo executado durante esta turnê é o seguinte:
Hot for Nietzsche
I Got a Knife
Hurry Up & Die
High on the Crime
All My Friends Are Dead
Rendezvous With Anus
Part III: Rock N Roll Machine
Suburban Prince’s Death Song
Get It On
Wasted Again
Fuck the World (F.T.W.)
Selfdestructo Bust
Chrome Ozone Creation (The Rock and Roll Machine Suite Part I)
The Age of Pamparius
I Got Erection

Formada em 1989, o Turbonegro se manteve na ativa até 1998 e depois retomou as atividades em 2002. A sonoridade do grupo combina glam rock, punk rock e hard rock; e os próprios músicos intitulam seu estilo como "deathpunk". As principais influências são Black Flag, The Rolling Stones, KISS, Venom, AC/DC, Iggy Pop, David Bowie, Ramones, Hanoi Rocks, Alice Cooper, The Stooges, entre outros.

Curiosamente, a banda ganhou popularidade principalmente em 1995, quando radicalizou em apostar em um novo visual e sonoridade mais ousada. Foi a partir de uma intensa tour europeia, repleta de performances pitorescas, que começaram a chamar a atenção do público e se manter na estrada, mesmo com as mais diversas trocas no line-up.

Com 10 discos lançados, a banda esbanja de um ritmo impressionante e bombástico. Em “RockNRoll Machine”, o sexteto se mostra ainda mais poderoso, cheio de vigor e ainda mais desprovido de limites.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/TurbonegroHQ
https://www.facebook.com/liberationmcofficial
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR


Turbonegro "You Give Me Worms"

Turbonegro - Hurry Up & Die

SERVIÇO SÃO PAULO
Liberation Tour Booking orgulhosamente apresenta Turnonegro no Brasil
Data: domingo, 15 de setembro de 2019
Local: Carioca Club
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899 (próximo ao metrô Faria Lima)
Horário: 19h (open doors)
Imprensa: press@theultimatemusic.com | 11 964.197.206
Evento Fb: https://www.facebook.com/events/1345616235577555/
Classificação etária: 16 anos. Entre 14-16 anos somente acompanhado por pai ou mãe munidos de documentos.
Capacidade: 1000 lugares
Estacionamento: nas imediações (sem convênio)
Estrutura: ar condicionado, acesso para deficientes, área para fumantes

# SETORES / PREÇOS
- Pista meia/promocional*: R$120
- Camarote meia/promocional*: R$ 200,00
*O ingresso promocional antecipado é válido mediante a entrega de 1 kg de alimento não-perecível na entrada do evento.

# COMPRA PELA INTERNET – https://www.clubedoingresso.com/evento/turbonegro-sp
# PONTO DE VENDA OFICIAL (sem taxa de serviço - pagamento apenas em dinheiro): Carioca Club e Galeria do Rock (loja 255)
# PONTOS AUTORIZADOS: Barueri, Belo Horizonte, Curitiba, Guarulhos, Osasco, Rio de Janeiro, Santo André, São Caetano do Sul e São Paulo (http://www.clubedoingresso.com/ondecomprar)

SERVIÇO RIO DE JANEIRO
Liberation Tour Booking orgulhosamente apresenta Turnonegro no Brasil
Data: terça-feira, 17 de setembro de 2019
Local: Teatro Odisseia
Endereço: Av. Mem de Sá, 66
Horário: 19h30 (open doors)
Imprensa: press@theultimatemusic.com | 11 964.197.206
Evento Fb: https://www.facebook.com/events/416631082226833/
Classificação etária: 16 anos. Entre 14-16 anos somente acompanhado por pai ou mãe munidos de documentos.

# SETOR / PREÇO
- Pista meia/promocional*: R$100
*O ingresso promocional antecipado é válido mediante a entrega de 1 kg de alimento não-perecível na entrada do evento.

# COMPRA PELA INTERNET – https://www.clubedoingresso.com/evento/turbonegro-rj
# PONTO DE VENDA OFICIAL (sem taxa de serviço): Scheherazade (Rua Conde de Bonfim, 346, Tijuca)
# PONTOS AUTORIZADOS: Barueri, Belo Horizonte, Curitiba, Guarulhos, Osasco, Rio de Janeiro, Santo André, São Caetano do Sul e São Paulo (http://www.clubedoingresso.com/ondecomprar)

* Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei;
** A produção do evento NÃO se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais;
*** É expressamente proibida a entrada com câmeras fotográficas e filmadoras profissionais ou semi-profissionais.

Fonte: The Ultimate Music

Michel Marcos: produtor é destaque em empresa internacional



Mais uma vez o trabalho do produtor paulista Michel Marcos é reconhecido internacionalmente.

O produtor brasileiro figurou no Instagram oficial da empresa Joey Sturgis Tones, também conhecida como JST. Para quem não conhece, a empresa estadunidense é uma das mais respeitadas no ramo de desenvolvimento de software para produção musical. Conheça mais da empresa: https://joeysturgistones.com

Michel, além de gravar, produzir, editar vídeos, lyrics e uma infinidade de outras opções, também oferece serviços de manutenção e assessoria de computadores para estúdio. Com esse trabalho, músicos e pessoas interessadas em montar seu estúdio, mas que não tem o know-how necessário para iniciar os trabalhos, pode contar com a expertise de Michel Marcos para que o projeto vire realidade.

Além disso, Michel Marcos e seu estúdio lançaram o volume 1 do ‘Curso de Produção Musical e Home Studio’. O curso é extenso e vendido em um único módulo, completo, ao comprar todo o material já está disponível. O curso está à venda pelo link abaixo e conta com várias formas de pagamento:

https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1090896198-curso-de-produco-musical-e-home-studio-vol-1-_JM

O músico também lançou seu próprio curso de produção musical através da Hotmart, uma das maiores empresas do seguimento. Para adquirir

https://pages.hotmart.com/n11476090b/curso-de-producao-home-studio-vol-i

Conheça mais do M&H Studio e de todo seu trabalho:
Facebook – https://goo.gl/RhmqEB
Instagram – https://goo.gl/5p3Q80
Twitter – https://goo.gl/H957pv
Youtube – https://goo.gl/s33z22

Fonte: Metal Media

Khorium: presente na compilação ‘Rock Soldiers XXV’



O KHORIUM é uma das bandas presentes na vigésima-quinta edição da lendária coletânea ‘Rock Soldiers’, que há mais de 20 anos exportar a Música Pesada brasileira para o mundo.

Além dos cariocas que participam com a já clássica ‘Midiocracia’, bandas como Barril de Pólvora e Cova Rasa também estão presentes. Nesta edição o destaque vai também para a participação de bandas estrangeiras.

A UGK Discos, responsável pelo lançamento do material, informa que a ‘Rock Soldiers XXV’ será liberada até o final de junho, mas a pré-venda já começou. Mais infos pelo e-mail ugoskimarivan@gmail.com

O teaser com as bandas participantes desta edição você confere pelo link:

https://youtu.be/06pehXazyOs

O KHORIUM promove o álbum ‘Idiocracia Tropical Contemporânea’, que está disponível para streaming nos principais apps do planeta, confira alguns links:

Spotify: https://is.gd/0dRRgT
Deezer: https://is.gd/a5qILF
Apple Music: https://apple.co/2ZUx0gD
YouTube Music: https://bit.ly/2Xz9I2c
Google Play Store: https://bit.ly/2LkivhW
YouTube (canal da banda): https://bit.ly/2ILcPvP
BandCamp: https://khorium.bandcamp.com/
SoundCloud: https://bit.ly/2KCkwX4
AudioMack: https://bit.ly/2X6Fe8k

O álbum também está disponível no site Palco MP3, onde é possível ainda conferir toda a acidez das letras do grupo:

https://www.palcomp3.com.br/khorium/discografia/idiocracia-tropical-contemporanea/

Links relacionados:
E-Mail: khoriumband@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/khoriumband
Instagram: https://www.instagram.com/khoriumband
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCi2Vu6lPGLmVCLbGRwjvy7Q
Spotify: https://open.spotify.com/artist/4mWFx6jSlE2dwM9okmIsby
iTunes: https://itunes.apple.com/br/artist/khorium/1214037229
Metal Media: http://metalmedia.com.br/khorium

Fonte: Metal Media

Virus: definidos capa e repertório de 'Contágio'



O Virus, pioneiro do heavy metal brasileiro, definiu o repertório e a arte de capa do álbum de estreia, "Contágio". Flávio Ferb (vocal), Fernando Piu e Renato RT (guitarras), Guilherme Boschi (baixo) e Lucio Del Ciello (bateria) produziram o disco no estúdio Orra Meu!, em São Paulo. A arte de capa ficou a cargo de Flávio Ferb, criador da arte das duas edições da coletânea "SP Metal", bem como do logotipo da banda. "O conceito da capa é representar o vírus na hora do contágio, no momento exato em que atinge a corrente sanguínea. Busquei um resultado impactante para a capa, que representasse bem o momento atual da banda. No interior, o fago estará representado em destaque, assim como vamos contar um pouco da história da banda através de imagens bacanas", explicou o vocalista.

Além de suas performances ao vivo, sempre teatrais e com direito a pirotecnia, o Virus construiu sua reputação com a inclusão de "Matthew Hopkins" e "Batalha No Setor Antares" na primeira edição da coletânea "SP Metal" (1984). Agora, finalmente, colocarão o sonho de registrar o primeiro disco em prática. Para antecipar o lançamento, o grupo soltará um videoclipe para a nova versão da clássica "Batalha No Setor Antares". "Nós decidimos pela 'Batalha No Setor Antares' para o clipe, pois é um clássico do heavy metal, um som que remete aos anos 80, o início de nossa trajetória. Por outro lado, o novo arranjo e a sonoridade que alcançamos no estúdio mostra bem como estamos trabalhando hoje, na formação atual e quase 40 anos após a composição do som", declarou o guitarrista Renato RT. "Esse momento de estar no estúdio, gravando finalmente o disco, foi mágico, e a gente queria ter todos os nossos fãs e amigos lá dentro com a gente. Então, esse primeiro clipe será todo em making of. Caike Scheffer, diretor do clipe, ficou vários dias perseguindo a gente lá dentro, registrando tudo, para passar um pouco desse clima para a galera", acrescentou.

Confira o repertório de "Contágio", que trará composições que o Virus costumava tocar ao vivo em seus shows nos anos 1980, incluindo as versões das faixas que integraram "SP Metal 1":
1 Sacrifício
2 Povo Do Céu
3 Matthew Hopkins
4 Ignis
5 Batalha No Setor Antares
6 Sinos Negros
7 O Eremita
8 Metal Pesado

Site relacionado: https://www.facebook.com/VirusContagiometalOficial/

Contato para shows | Agência OM (Phill Lima): (11) 93067-6175

Fonte: Ricardo Batalha - ASE Music
www.asepress.com.br/music